Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Atualidades / FILHA

Quem é a filha de Flávia Alessandra? Atriz perdeu o pai aos 12 anos e mora sozinha

Filha de Flávia Alessandra comoveu a web após publicar um vídeo com prints de críticas e ataques que recebe nas redes sociais

Giulia Costa é filha de Flávia Alessandra - Reprodução/Instagram
Giulia Costa é filha de Flávia Alessandra - Reprodução/Instagram

Giulia Costa (23), filha de Flávia Alessandra (49), comoveu a web após publicar um vídeo com prints de críticas e ataques que recebe nas redes sociais no último domingo, 17. Com carreira na atuação e formação em cinema, a atriz perdeu o pai aos 12 anos e mora sozinha atualmente. Saiba quem é a filha de Flávia Alessandra.

Fruto do relacionamento de Flávia Alessandra com o ator e diretor Marcos Paulo (1951-2012), Giulia Costa perdeu o pai aos 12 anos, em novembro de 2012, após o artista enfrentar complicações em um câncer no esôfago. "Espero que você esteja feliz, onde quer que esteja. Queria que você soubesse que nada vai mudar isso, e espero encontrá-lo. Seis meses e parece uma eternidade. Continua fazendo muita falta, pai", declarou a filha de Flávia Alessandra nas redes sociais depois de seis meses da morte do pai.

Ao construir carreira no meio artístico, Giulia Costa decidiu seguir os passos dos pais e se tornou atriz, além de também ter se formado em cinema em 2022. No Instagram, a filha de Flávia Alessandra conta com três milhões de seguidores no perfil, por onde também compartilha detalhes de sua vida fora da casa da mãe.

Leia também: Giulia Costa pediu ajuda de Flavia Alessandra após problema: "A ficha caiu"

A atriz, que deixou o lar da família para morar sozinha em um apartamento, já falou abertamente sobre a decisão nas redes sociais: "Acho que a gente sair da casa dos nossos pais é um processo natural. Não teve um motivo específico. Mas é óbvio que eu senti um mix de medo, de tristeza, de felicidade, alegria, empolgação... um mix de vários sentimentos. E acho que faz parte também, eu ainda estou aprendendo a lidar. Tem dias que eu sinto falta de casa, tem dias que eu sinto falta daquela movimentação, que eu achava que não iria sentir e sinto".