Xuxa comanda a festa de 18 anos de CARAS

Apresentadora Xuxa abre casa ecologicamente correta para celebrar a maioridade da revista CARAS

terça 15 novembro, 2011
Em homenagem aos 18 anos de CARAS, Xuxa mostra pela primeira vez a propriedade de 1700m2 e 3 andares. Ela fala de Sasha, críticas, idade e manda recado aos homens.
Em homenagem aos 18 anos de CARAS, Xuxa mostra pela primeira vez a propriedade de 1700m2 e 3 andares. Ela fala de Sasha, críticas, idade e manda recado aos homens.

Recordista em capas de CARAS, com 72, Xuxa Meneghel (48) conta que teve os momentos mais significativos de sua vida nos últimos 18 anos retratados nas páginas da revista. O nascimento da filha, Sasha (13), da união com Luciano Szafir (42), que mereceu uma edição especial em 1998, é o preferido da estrela. “É um álbum de família.Uma prova de carinho e respeito comigo, que não fizeram igual até hoje em outro lugar”, afirmou. Por essa relação de confiança, a apresentadora abre sua intimidade para comandar a festa da maioridade da CARAS diante do bolo de Rosely Bonfante.

É a primeira vez que ela mostra a casa de 1700m² na Barra, Rio, para um veículo de comunicação. Quem entra na propriedade de três andares, com seis suítes, não se surpreende só com a grandiosidade, mas com o bom gosto da decoração clean e moderna. Impressiona ainda na sala o viveiro de 100m² com palmeiras de 7m, onde habitam soltos a cacatua Bubu e 40 pássaros, como calopsitas e agapornis. “Queria morar no meio do mato, então criei esse espaço”, explicou.

Mais Notícias

terça 15 novembro, 2011
terça 15 novembro, 2011
terça 15 novembro, 2011

A própria casa é ecologicamente correta, com recursos como captação de água da chuva para irrigação e lavagem externa; piso de mármore industrializado e aparelhos de ar condicionado com gás ecológico. Num papo descontraído, cercada pelo yorkshire Dudu e a shitsu Luli, e só interrompido pelos risos estridentes do papagaio Lolo, Xuxa disse que, atualmente, além da filha, a mãe, Alda (75), que sofre de mal de Parkinson, vive com ela. “Colocamos elevador e fizemos um quarto adaptado para suas necessidades. Sempre quis que morasse comigo”, contou.

Bem-humorada, serena e com invejável forma, a estrela não fugiu das perguntas. Ignorando os rumores de que estaria pensando em se aposentar, garantiu que tem muito a fazer e a repercussão dos seus projetos a deixam orgulhosa. O sucesso do DVD XSPB 11, lançado esse ano, é um exemplo. O trabalho, que já rendeu disco de platina triplo pela venda de 120 000 cópias, enfatiza sua preocupação com a questão ambiental: inspirado no tema sustentabilidade, ela viaja pelo planeta mostrando diferentes culturas. Além disso, a apresentadora está cheia de projetos.

Em dezembro, faz shows beneficentes, sem a venda de ingressos, dias 3, no Maracanãzinho, Rio, e 22, no Ibirapuera, SP, baseado no XSPB 9 - Natal Mágico. Antes, em 29 de novembro, será homenageada no Prêmio Extra de TV pelos 25 anos de Globo e pela atuação à frente da Fundação Xuxa, mantida há 22 anos em Pedra de Guaratiba. No comando da instituição, ela encabeça campanhas em prol dos menores, como Carinho de Verdade e Não Bata. Eduque! E apesar da agenda profissional lotada, Xuxa não esquece de sua vida pessoal ao falar sobre temas como idade, críticas e homens.

– Como anda o coração?

– Está tranquilo. Pensei que beijaria muito mais na boca este ano, mas não aconteceu.

– Mas pretendentes não devem faltar para você...

– Conheço muita gente. Até deixei algumas pessoas chegarem perto de mim. Comecei a investir, me envolvi, para depois ver que não estão usando camisinha. Acho um absurdo. Isso deveria ser um hábito, como escovar os dentes.

– Um homem bem mais novo teria chance com você?

– Não curto. Imagina eu, com 48, me envolver com jovem de 18, 20. Prefiro um quarentão ou cinqüentão legal, que goste de mim.

– Como vê o passar dos anos?

– Agora estou mais relaxada, não comigo, porque continuo me cuidando, mas com o fato de não ficar me cobrando. Prefiro ter pés de galinha, as marcas que a idade faz no corpo, do que me deformar. Acho que as pessoas estão errando a mão, colocando botox demais, fazendo plástica demais, a ponto de ficar sem expressão. Já avisei aos amigos para nunca me deixarem fazer algo assim.

– Sendo pessoa pública, a cobrança também é maior de fora?

– Nossa profissão é complicada. Somos cruéis com a gente mesmo e os outros, mais ainda. Hoje perguntam por que uso roupa tapada. Quando era nova, tinha corpão, botava perna e barriga de fora. Hoje, não me sinto bem.

– Como é ver Sasha jogando vôlei no Flamengo?

– Quero que seja feliz. Mas claro que adoro isso. Ainda mais nesta idade, quando estão pensando em sair à noite. Se tem um aniversário para ir, pergunto como vai ser o treino cedo no outro dia. Daí, ela diz que irá, mas ficará meia hora. Ela entende que balada não combina com vida de atleta. Para mim, como mãe, isso é fantástico. Não preciso ficar me preocupando.

– Sente cobrança maior em cima dela por ser sua filha?

– Existe, mas ela tem um equilíbrio impressionante. Não adianta cobrarem. Se ela será a melhor jogadora? Não sei. Mas está se saindo bem, dá o seu melhor.

– Você tem carreira vitoriosa na TV. O que ainda a motiva?

– Já fiz quase de tudo. Então, idealizar uma coisa nova é difícil, e algo que não me exponha, mais complicado ainda. Mas gosto que me desafiem. Roberto Talma (diretor da Globo), por exemplo, me provoca o tempo todo. Por causa dele gravei Garota de Ipanema com Daniel Jobim, para a trilha de Aquele Beijo. Nem eu acreditei (risos). Agora, ele também quer fazer aberturas diferentes para o programa, no estilo Broadway. Esse tipo de coisa faço amarradona.

– Os discos do XSPB já venderam 8 milhões de cópias. Sentese mais respeitada a partir desse trabalho?

– Quem não gosta de mim não se dá nem ao trabalho de conhecer. Mas queria que vissem. Amadureci. Me cerco hoje dos melhores profissionais. O resultado, no mínimo, tem que ser bom. O disco não sai sem antes passar por pedagogos, professores e psicólogos. A gente faz tudo pensando na criança que está desenvolvendo não só o intelecto, mas o físico também. A ideia é que façam movimentos com as mãos e os pés. Sei que em muitos hospitais, fisioterapeutas usam para estimular os pequenos. Isso não tem preço.

Veja o vídeo na TV CARAS:

 

Atualizado quinta 7 junho, 2012 (179375) | 23/01/2019 01:29:02

Mais conteúdo sobre:

CARAS Recomenda

  1. Evolução da sífilis: quando se deve buscar ajuda?
  2. Sífilis na gestação e sífilis congênita
  3. A sífilis assusta, mas a infecção tem cura!
  4. Saiba tudo sobre a prevenção da sífilis!

Receba em Casa

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

  1. 1 Vinícius é eliminado na primeira semana do BBB19
  2. 2 Thaeme relembra o que sentiu ao descobrir que estava grávida
  3. 3 Acusado de estupro, Chris Brown fica apenas 1 dia na prisão
  4. 4 Andressa Suita comemora 31 anos com muito luxo
  5. 5 Orlando Morais comemora 57 anos e ganha declarações
  6. 6 Bohemian Rapsody: Rami Malek se emociona com Oscar
  7. 7 Túlio Gadelha se pronuncia sobre acusações
  8. 8 Andressa Suita passa a tesoura e muda drasticamente o visual
  9. 9 Bring Me The Horizon lança música cantada em português
  10. 10 Finalmente! Parceria entre Katy Perry e Zedd é confirmada