Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Suzana Pires em Tour pela velha Lisboa

Formada em filosofia, atriz, que acabou de entrar em Fina Estampa, faz reflexão sobre amor, viagem e trabalho

Redação Publicado em 19/09/2011, às 21h28 - Atualizado em 08/08/2019, às 15h43

Em sua primeira viagem a Portugal, a atriz admira a fonte da Praça D. Pedro IV. - João Lima
Em sua primeira viagem a Portugal, a atriz admira a fonte da Praça D. Pedro IV. - João Lima

Bastou pisar em Portugal pela  primeira vez para que Suzana Pires (35) se sentisse em casa. O carinho do povo emocionou a atriz, que viajou para divulgar a novela global Araguaia, além da peça De Perto, Ela Não é Normal, de sua autoria, que em novembro comemora cinco anos em cartaz. “Os portugueses são tão simpáticos e queridos quanto os brasileiros. E a culinária é maravilhosa. Deixei a dieta de lado e me joguei. O pastel de Belém e um arroz de pato maravilhoso foram os pratos mais gostosos que já comi”, entregou. A arquitetura foi outro aspecto que chamou a atenção. “Lisboa preserva sua história de forma incrível. É extremamente aconchegante e romântica”, afirmou. Suzana, que acabou de entrar em Fina Estampa, desde segunda, 19, viveu um outro momento marcante. Foi quando conheceu o restaurante brasileiro que o autor da novela das 9, Aguinaldo Silva (67), mantém em Portugal.

– Como define sua personagem, a jornalista de moda Marcela?

– É apaixonante, diferente de tudo o que já vivi na TV. Uma mulher, apesar de inteligente, absolutamente sem escrúpulos.

– E quanto ao universo fashion, você já era ligada ao tema?

– Adoro moda e sempre fui antenada com novidades. Considero mais uma forma artística. Quando me visto, sigo tendências, mas sempre adequando ao que me cai bem, Além de roupas, dou muita atenção aos acessórios. Eles fazem realmente toda a diferença.

– E quais são os seus segredos de beleza?

– Mantenho uma alimentação saudável e faço ginástica sempre que tenho tempo. Malhar é bom para minha cabeça, está longe de ser uma tortura.

– Você é formada em filosofia e se tornou atriz...

– O ator de verdade trabalha a vida inteira para tocar o coração das pessoas. Então, quando sinto que realizei esse objetivo, fico extremamente emocionada e certa da minha escolha. Minha prioridade é estar em cena, sempre com muita entrega e verdade.

– Seu último namoro foi com o ator Marcos Pasquim ano passado. Está solteira desde então?

– Me sinto satisfeita e realizada com a vida. Não há como atrelar felicidade a um relacionamento.

– E você não sente falta de um amor?

– Viver um amor é bacana, claro, mas acho importante ter a noção de que posso estar feliz independentemente do meu estado civil. Minha família, meus amigos e minha carreira me dão muitas alegrias e isso não tem preço, amores vêm e vão, essas outras coisas são bem mais permanentes.