Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Reinado absoluto de Neymar no jogo e na vida

Ousado e talentoso dentro de campo, atacante abandona os rótulos e deixa transparecer a timidez

Redação Publicado em 28/06/2011, às 17h34 - Atualizado em 04/01/2013, às 11h16

Na capital paulista, o mais novo destaque do futebol brasileiro, Neymar, confere suíte em sua homenagem, na Casa Cor. - CLAUDIO GATTI E REUTERS
Na capital paulista, o mais novo destaque do futebol brasileiro, Neymar, confere suíte em sua homenagem, na Casa Cor. - CLAUDIO GATTI E REUTERS

Talentoso, abusado, estiloso, craque. Estes são apenas alguns dos muitos adjetivos que podem ser atribuídos a Neymar da Silva Santos Júnior (19), o Neymar, a jovem e maior estrela do Santos e do futebol brasileiro na atualidade. Além destes predicados, acrescente-se ainda uma certa dose de timidez, pelo menos quando ele não está dentro das quatro linhas de um campo de futebol. Foi assim durante sua visita à Casa Cor, na capital paulista. Encantada com o paradoxo encarnado perfeitamente pelo atleta, em que o ar despojado de menino se mescla à maturidade profissional que é cobrada deste jogador genial, a arquiteta Camilla Matarazzo (48) se inspirou nele e criou a Suíte do Neymar para a Casa Hotel, que integra a mostra de decoração. “O quarto está maravilhoso, muito bonito e moderno. Ficou impressionante. Não sou muito ligado em decoração, mas todo mundo gosta de coisas bonitas, por isso vim prestigiar ao vivo esta suíte. No meu quarto, tento ser organizado na medida do possível. Quero uma suíte igual a esta na minha casa”, pediu ele, que, antes de chegar ao ambiente, enfrentou maratona, como de rotina, de autógrafos pelos corredores. “Tive apenas um encontro com ele para saber seus gostos e conhecer um pouco de sua personalidade. Então, resolvi fazer um projeto jovem, sofisticado e com elementos do futebol, mas sem um ar caricatural”, explica Camilla.

O estilo ousado de Neymar nos gramados leva goleada do recato principalmente quando se trata de sua vida pessoal. Prova disso é sua mais recente descoberta, a paternidade, pautada por incrível discrição dele e de todos que o cercam. O primeiro herdeiro de Neymar deve nascer em setembro, mas ele manteve em segredo a identidade da mãe, de 17 anos, com quem teve breve caso. Em recente entrevista, Neymar revelou que lidou com emoções diferentes ao saber da gravidez. Chorou de medo e de alegria, e festejou ao saber o sexo do bebê: um menino. “Vamos dar a ele toda a assistência necessária e a melhor estrutura possível. Esta criança será muito bem-vinda e já tem o nosso carinho e amor”, assegurou o atacante, cujo maior exemplo e um dos poucos a quem não consegue driblar é o pai e empresário, Neymar da Silva Santos (46), que comanda com pulso firme os passos e as finanças do filho. Afinal, só em ações publicitárias ele fatura cerca de 850000 reais por mês. Somando-se o valor ao salário, de 150000, o craque contabiliza 1 milhão de reais mensalmente. Valor do qual o jogador só coloca as mãos em 10000 reais, repassados a ele pelo pai todo mês. Com o que o rapaz gosta de gastar? Simples: tecnologia, como qualquer outro jovem de sua idade. “Videogames, sinuca, tudo que envolva tecnologia e diversão é um passatempo para mim. É o que gosto de fazer com meus amigos. Afinal, não tenho muito tempo para sair e isso me ajuda a relaxar”, declara o paulista de Mogi das Cruzes, que ainda se revela fã de filmes e seriados, em especial Two And a Half Men.

Mesmo cuidando dos interesses do filho com rédeas curtas, Neymar pai permite que o herdeiro cometa alguns excessos, desde que previamente combinados entre eles. Para trocar de carro, Júnior, que já dirigia um Volvo XC60, teria de ser campeão do Sul-Americano Sub 20 com a Seleção Brasileira e marcar dois gols na final. Missão cumprida e um Porsche Panamera de 300000 reais na garagem. Além dos carros, o patrimônio do atleta inclui um apartamento tríplex em Santos no valor de 1,5 milhão de reais, uma casa no Guarujá, de 4 milhões, e um flat em São Paulo, de 300000 reais. Engana-se, entretanto, quem pensa que o atacante milionário e proprietário de vários imóveis sonhe em morar sozinho. Apegado ao pai, à mãe, Nadine, e à irmã, Rafaela (15), ele não pensa em ficar longe da família, seja no Brasil ou no exterior. “Não consigo me ver vivendo sem eles”, comentou ele, recentemente, que nutre ciúme inconfesso de Rafa.

O craque adolescente — revelado nas divisões de base do Santos e que iniciou carreira como profissional em março de 2009 pelo mesmo time — já contabiliza feitos de gente grande. Por meio de seus pés, o time da cidade praiana deu o primeiro passo rumo a sua conquista mais importante nas últimas décadas, o tricampeonato da Copa Libertadores da América, e colocou um ponto final ao jejum de 48 anos no principal torneio da América do Sul ao bater o uruguaio Peñarol por 2 a 1 diante dos torcedores que lotaram o estádio do Pacaembu, em São Paulo. O time da baixada já havia vencido a Libertadores em 1962 e 1963 sob o comando do eterno rei Pelé (70) e voltou a comemorar o título liderado por seu príncipe, que abriu o placar para os santistas aos 2 minutos do segundo tempo. “Não tenho como explicar o que estou sentindo. É uma mistura de alegria, emoção, tudo junto. Sentimento maravilhoso. Agora é comemorar com essa torcida que merece”, vibrou ele.

Para Pelé, Neymar está apto para novos desafios na Europa. “Ele já está pronto para dar mais um salto na carreria”, avaliou o rei. “Neymar é um jogador com talento imenso, e minha aposta para o futuro”, elogiou o ex-jogador Ronaldo Nazário (34), que após abandonar os gramados se dedica a gerenciar a imagem de jogadores, entre eles a do craque santista. Sondado por equipes como o Chelsea e o Manchester City, da Inglaterra, e Real Madrid e Barcelona, da Espanha, ele não se intimida com a possibilidade de atuar no velho continente. “Não tenho medo, mas o futuro a Deus pertence”, já disse Neymar.

Enquanto o futuro do ídolo no exterior continua no plano da especulação, ele foca suas energias na Seleção Brasileira. Titular do time comandado por Mano Menezes (48), o atacante é o destaque canarinho na Copa América, na Argentina. “A conquista da Libertadores deu a ele mais maturidade. Esse tipo de experiência prepara o atleta para defender a Seleção”, afirmou Mano, que terá a equipe da Venezuela como o primeiro desafio no torneio, no próximo domingo.

Palcos para o talento de Neymar, os gramados também são vitrine do seu estilo. Vaidoso, ele popularizou o cabelo moicano, sua marca registrada e um dos mais pedidos nos salões, às vezes coberto pelos bonés de aba reta, típicos dos rappers. “Fico feliz de estar sendo tachado de bonitão. Mas eu sou supertranquilo, não me empolgo com isso”, ponderou ele, que se declara solteiro e conta com a ajuda do estilista Ricardo Almeida (56) para valorizar o seu visual fora de campo. Com tantos cuidados, com certeza, não faltarão candidatas para conquistar o coração do craque.

Assista à reportagem da TV Caras: