Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Oscar Magrini brinca sobre assédio feminino: ‘Ninguém respeita que sou um senhor já’

Na pele do Coronel Nunes, Oscar Magrini fala sobre o assédio feminino que circunda seu personagem em ‘Salve Jorge’. “As mulheres são abusadas”, brinca o ator

Redação Publicado em 29/11/2012, às 09h52 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Oscar Magrini - TV Globo
Oscar Magrini - TV Globo

Intérprete do personagem Coronel Nunes em Salve Jorge, Oscar Magrini (51) sabe da atração que sua figura desperta nas mulheres. Sempre com bom humor, o ator gosta de brincar com o tema.
"A mulherada adora homem de farda”, explicou o galã em conversa com à CARAS Online. “Ninguém respeita que sou um senhor já, são abusadas”, riu!

Questionado sobre o ciúme doentio que a personagem da atriz Natália do Vale (59), Aída, tem do Coronel Nunes, o ator revelou que nunca teve uma mulher assim. Casado com Matilde há 22 anos, ele afirmou: “A Matilde é um doce de pessoa, segura muito bem a onda”.

Oscar, no entanto, sabe que existem muitas pessoas como Aída. “Nesse caso, a personagem é insegura mesmo. Ela já chegou a dizer que prefere que o Nunes acabe logo com ela do que continue a ignorando”, comentou. “Existem pessoas assim, que ligam toda hora. Não tem como conviver com uma pessoa assim”, avaliou ainda.

Recordando de seu laboratório antes de iniciar as gravações da novela, o ator – que faz corrida, musculação e Muay Thai – teve que enfrentar alguns desafios logo de cara. “Passamos oito dias na Academia Militar das Agulhas Negras e a molecada de 20 anos brincava comigo, perguntando se o coronel aguentava o treinamento”, entregou. “Estou muito feliz com esse personagem, não é bajulação, é um trabalho muito bacana mesmo".