Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Neguinho da Beija-Flor homenageia caçula, Luiza, em CD

Curado de um câncer, cantor se emociona em sua casa ao dizer que deve a vida à filha e à amada, Elaine

Redação Publicado em 27/07/2010, às 11h24 - Atualizado em 02/08/2010, às 15h18

O casal com a filha no quarto dela. - SELMY YASSUDA/ARTEMISIA FOT. E COMUNICAÇÃO; BELEZA: DUH; PRODUÇÃO: ROSANE AMORA
O casal com a filha no quarto dela. - SELMY YASSUDA/ARTEMISIA FOT. E COMUNICAÇÃO; BELEZA: DUH; PRODUÇÃO: ROSANE AMORA
Com suas gracinhas, Luiza Flor Morena (1 ano e 10 meses), filha de Neguinho da Beija- Flor (61) com a administradora Elaine Reis (39), tornou-se a maior estrela da família. A caçula dos quatro filhos do cantor domina as atenções no apartamento onde vivem, em Copacabana, Rio, e simboliza a luta dele para vencer o câncer de intestino descoberto em 2008. "Elaine estava grávida de sete meses e meio e eu pensei no pior. Pedi a Deus forças para superar tudo e ver Luiza nascer", recorda ele que, em seu novo CD, Guerreiro, Brasileiro e Sonhador, homenageia a menina com uma música. "Em uma parte da letra digo: 'Sua vida deu mais vida em minha vida'. Isso quer dizer que ela nasceu e eu renasci", afirma Neguinho, emocionado, ao lado de outros dois filhos, Luiz Antonio Junior (28) e Paulo César (40), que não moram com ele. O intérprete é pai ainda de Angela Caroline (23). "Ele parou com a quimioterapia em maio de 2009 e está curado. Faz exames periódicos e todos deram que ele está 100%", ressaltou Elaine, parceira do marido na canção Luiza Flor Morena. O 33º disco de Neguinho é o primeiro totalmente autoral e representa a fase mais independente de seus 36 anos de carreira. Gravado, editado e distribuído pela NB Produções, gravadora do cantor administrada por Elaine, o CD é comercializado somente nas bancas de jornal a baixo custo. - Com Luiza você é um pai diferente do que foi na criação de seus filhos mais velhos? Neguinho - Somente ela eu vi nascer e cortei o cordão umbilical. Como já não tenho necessidade de fazer tantos shows, sobra mais tempo para acompanhá-la. E isso não fiz com os outros. Então, dou banho, vou para o chão e ela monta em mim como se eu fosse um cavalinho. Só falta Luiza querer que eu relinche (risos). Elaine - Ele é um pai atencioso e um grande companheiro. Nem percebo a diferença de idade. - Como ele a conquistou? Elaine - Com o sorriso, o olhinho pequeno. O resto não vou falar para não fazer propaganda (risos). Mas ele é forte, determinado, se cuida muito. É um modelo perfeito de vaidade masculina. Neguinho - Namorei muito, dizia que era o único feio que deu certo. Antes mesmo de ser conhecido como cantor, já fazia sucesso com a mulherada nos bailes. Mas com Elaine foi diferente, levei seis anos para conquistá-la, ela não me dava mole.