Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Leandro Hassum: ‘Sou muito consumista‘

Durante coletiva de imprensa do filme ‘Até que a Sorte nos Separe’, o ator e humorista revelou ser controlado por sua esposa em suas compras

Redação Publicado em 24/09/2012, às 15h08 - Atualizado às 19h46

Leandro Hassum em cena do filme 'Até que a Sorte nos Separe' - Divulgação
Leandro Hassum em cena do filme 'Até que a Sorte nos Separe' - Divulgação

Nesta segunda-feira, 24, o ator Leandro Hassum (38) participou da coletiva de imprensa do filme Até que a Sorte nos Separe, com estreia programada para o dia 5 de outubro. Protagonista ao lado de Danielle Winits (38), o humorista comentou sobre a relação que sua vida pode ter com o longa, onde um casal ganha na loteria, porém gasta toda a fortuna ao esbanjar o dinheiro.

“Eu sou consumista. O filme acabou me ajudando lá em casa. Acho que os dois (marido e mulher) precisam se ajudar. Temos que viver os momentos de loucura, mas saber que isso tem prazo de validade”, disse ele, que também revelou que sua esposa, Karina Gomes, com quem tem uma filha, Pietra, nascida em 2000.

Ao falar da mudança na personalidade de uma pessoa quando ganha ou conquista muito dinheiro em tão pouco tempo, ele analisou. “A gente sempre muda um pouco, mas temos que ter estrutura para que a gente mude de forma positiva. Tem muito jogador de futebol, como o Neymar, que é muito novo e já é milionário. Pode fazer o que quiser, por isso, precisa ter alguém acompanhando esse comportamento de perto”.

Ele ainda revelou que chegou a acompanhar alguns casos de perto quando passou a trabalhar com televisão. “Eu vi que as pessoas piram mesmo, ficam se achando super-homem, mas precisam entender que uma hora estamos por cima e outra hora por baixo”, destacou.

Já ao falar de ser protagonista de um grande projeto no cinema pela primeira vez, Leandro demonstrou estar gostando bastante do atual trabalho. “O protagonista é bem diferente. Participei de 98% dos dias de filmagem, estou adorando”, afirmou.

Quanto a sua forma de atuar neste e em outros projetos, ele explicou. “O improviso é uma arma bacana, mas precisa saber usar para não virar muita gracinha”.

Roberto Santucci, que também participou da coletiva, não poupou elogios ao ator. “Tinham três câmeras no set para pegar todo o brilho do Leandro, tinha toda uma estrutura para valoriza-lo. Era difícil conter os risos no set. Fui feliz na escolha do elenco”, declarou.