Johnny Depp canta e toca guitarra em faixa bônus do disco de Marilyn Manson

Johnny Depp
Johnny Depp Getty Images


'You're So Vain', faixa bônus do próximo disco de Marilyn Manson, tem Johnny Depp nos vocais e tocando guitarra

Além de ótimo ator, Johnny Depp (48) também arrasa na música. Na última quinta-feira, 26, foi lançada a versão You’re So Vain, que será uma das faixas bônus do próximo disco de Marilyn Manson (43), intitulado Born Villain e que chegará às lojas segunda-feira, 30.

Originalmente, You’re So Vain foi gravada em 1972 por Carly Simon (66) em parceria com Mick Jagger (68). Na versão de Manson, Johnny Depp toca guitarra e acompanha o cantor nos vocais.

Mais Notícias

sexta 27 abril, 2012
sexta 27 abril, 2012
sexta 27 abril, 2012

Ouça You’re So Vain:

Atualizado sexta 27 abril, 2012 (205207) | 17/06/2019 08:06:05

Mais conteúdo sobre:

CARAS Recomenda

  1. As tote bags são espaçosas e vão te conquistar pela praticidade Bolsas que cabem tudo o que você precisa para o dia a dia
  2. Eles são macios e fofinhos, ótimos companheiros para o friozinho Os tricôs felpudos vão te aconchegar nesse inverno
  3. Versátil, ela vai bem tanto com jeans, como em produções mais arrumadas A jaqueta biker é um clássico. Encontre a sua!
  4. Dunelli reúne profissionais para brindar sucesso na mostra Time vip da arquitetura celebra CasaCor SP

Receba em Casa

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

  1. 1 Cantora falou sobre a parceria com Anitta e relembrou o seu namoro com o modelo Jesus Luz Madonna relembra namoro com modelo Jesus Luz: ''Safado''
  2. 2 Após beijo em Kevinho, Flavia Pavanelli rebate críticas
  3. 3 Gracyanne Barbosa rebate críticas ao corpo
  4. 4 Namorada de Gabriel Diniz surpreende com tatuagem feita
  5. 5 Leo Dias fica indignado com Juju Salimeni
  6. 6 Clima esquenta entre Faustão e Boninho: ''Ele quer tudo''
  7. 7 Xuxa revela detalhes sobre ter trocado Globo por Record
  8. 8 Ousada, Luciana Gimenez posa nua em foto
  9. 9 Após 20 anos, SBT e Ratinho são notificados em R$400 mil
  10. 10 Leo Dias revela que não acreditava no sucesso de Ludmilla