Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Irmão de Kevin Federline alega ser pai do filho mais velho de Britney Spears

Bomba! Christopher Federline afirmou que dormiu com Britney Spears enquanto ela era casada com seu irmão, Kevin, e que Sean Preston é seu filho

Redação Publicado em 26/12/2012, às 15h49 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Britney Spears e Kevin Federline em 2004 e Sean Preston - Getty Images/ Grosby Group
Britney Spears e Kevin Federline em 2004 e Sean Preston - Getty Images/ Grosby Group

Christopher Federline afirmou em juízo que manteve relações sexuais com Britney Spears (31) enquanto ela era casada com seu irmão, Kevin Federline (34), e alegou ser pai de Sean Preston (7), filho mais velho da cantora, segundo informações do site RadarOnline.

Ele entrou com uma ordem de restrição contra Britney em 18 de dezembro, acusando a jurada do X-Factor de roubo, chantagem e assédio.

“Ela é uma pessoa fora de controle e maníaca”, disse Christopher à Justiça, acrescentando que, recentemente, a loira teria ido à casa de Kevin buscar Sean Preston e Jayden James (5) e roubado o cartão de crédito da carteira dele, que estava sobre a mesa de café de Kevin.

Christopher ainda alegou que quando ele foi questioná-la sobre o suposto roubo – de mais de 4.500 dólares – Britney riu da cara dele e disse que Kevin arruinou sua vida. “Britney me zombou e disse que eu tinha um pênis pequeno”, afirmou.

“Ela também me chantageou e disse que, se eu contasse para a polícia que ela tinha roubado meu cartão de crédito, ela iria contar ao mundo que eu era o verdadeiro pai de Sean Preston, e não o Kevin”, completou Christopher, admitindo que teve relações sexuais com a cantora. “Confesso que dormi com Britney e eu sou o verdadeiro pai, mas o público não precisa saber”.

Ainda de acordo com o RadarOnline, Christopher manteve o caso com Britney em segredo porque não queria que Alisha, sua mulher na época, soubesse da traição.