Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Disposto a salvar 'X Factor UK', Simon Cowell volta atrás e implora por Cheryl Cole

Após ter demitido Cheryl Cole da versão americana do 'X Factor USA' em 2011, Simon Cowell quer que ela volte para a bancada britânica do reality show

Redação Publicado em 30/11/2012, às 20h10 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Simon Cowell e Cheryl Cole - Getty Images
Simon Cowell e Cheryl Cole - Getty Images

E o mundo do entretenimento também dá voltas. Cheryl Cole (29), que havia sido demitida por Simon Cowell (53) da versão americana do X Factor em 2011, se encontrou com o antigo amigo e chefe para ouvir uma nova proposta. De acordo com o The Sun, o produtor implorou pelo retorno da cantora à bancada da versão britânica do reality, onde ela foi mentora entre 2008 e 2010, e deixou claro: ‘me dê seu preço’.

Em outras palavras, Cheryl pode pedir até o dobro do que ganhava quando estava no X Factor UK. Isto se realmente tiver interesse em voltar para o trabalho.

O desespero de Simon é baseado em audiência. Quando ele e Cheryl eram mentores do programa, conseguiram 19,4 milhões de telespectadores. A atual formação dos jurados atinge a marca de apenas 7,6 milhões.

Simon não pode voltar para a versão britânica, pois está comprometido com reality nos Estados Unidos, onde divide a banca com Britney Spears (30), Demi Lovato (20) e L.A. Reid (56). Por isso, ele aposta em Cheryl, que é considerada a ‘queridinha do Reino Unido’.

Caso Cheryl aceite, Simon pretende demitir Tulisa Contostavlos (24) e Gary Barlow (41), que não estão agradando o público. Apenas Nicole Scherzinger (34) e Louis Walsh (60) continuariam. E uma quarta pessoa seria contratada.

O problema é que Cheryl revelou em sua recente biografia que não vai muito com a cara de Nicole Scherzinger, que pode ser sua nova colega. A ex-líder do Pussycat Dolls foi justamente quem ocupou o cargo de Cheryl na versão americana após a demissão.