Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Claudia Raia: ‘Sempre seremos uma família unida’

Jurada da Dança dos Famosos neste domingo, 26, Claudia Raia falou sobre a separação de Edson Celulari, após 17 anos de casamento

Redação Publicado em 26/06/2011, às 19h29 - Atualizado às 21h53

Claudia Raia - TV Globo/Marcio Nunes
Claudia Raia - TV Globo/Marcio Nunes

Uma das juradas da Dança dos Famosos, do Domingão do Faustão, neste domingo, 26, Claudia Raia(44) foi recebida pelo apresentador e de cara ‘ganhou’ uma homenagem. Foi passado um clipe com fotos da atriz, cantora e bailarina desde a infância até os momentos atuais. Em seguida, Claudia foi ovacionada pela plateia, que teve a oportunidade de fazer perguntas para a atriz.

Como não poderia deixar de ser, o assunto mais falado foi a separação de Claudia e Edson Celulari (53), que ficaram casados por 17 anos e tiveram Enzo (14) e Sophia (8). A notícia do fim do relacionamento foi divulgada em julho de 2010 e até hoje aflora a curiosidade de muitos fãs de um dos casais mais queridos do Brasil. “Não dá para viver sem amor. O amor está dentro da gente. Você tem que 1º se amar para que esteja aberta para o amor. Tem que amar a vida também e festejar a cada dia que acorda. A gente não sabe se vai acordar amanhã”, alertou.

“Separação é sempre muito chata, não é agradável. Estamos em luto. Mas a gente se cuida muito. Nós quatro fomos e sempre seremos uma família unida e isso não vai mudar nunca”, declarou Claudia, pouco antes de o time masculino da atração mostrar as habilidades com a lambada.

Sobre a receptividade das pessoas em relação ao término da relação, a atriz conta que sempre foi tratada com muito respeito. “Foi de respeito. Foi feita [a separação] de uma forma suave, não teve barraco, nada disso. Tem uma situação de finitude, que ninguém esperava, nem nós esperávamos. Por isso nossa relação merece ser tratada dessa forma, com muito carinho.”

Em breve, Claudia começa os ensaios do musical Cabaret e a atriz falou também sobre a importância do trabalho numa situação delicada. “O trabalho reergue a gente. Ti-Ti-Ti foi a mão de Deus para me deixar em pé”.