Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Chris Flores: ‘A Ana Hickmann me ajudou muito, sou muito grata a ela’

A apresentadora Chris Flores falou sobre briga com Ana Hickmann no programa 'Muito+', da Band, nesta terça-feira, 10

Redação Publicado em 10/01/2012, às 17h29 - Atualizado em 08/08/2019, às 15h43

Chris Flores - Francisco Cepeda / AgNews
Chris Flores - Francisco Cepeda / AgNews

Chris Flores (34) esclareceu o mal entendido com a colega Ana Hickmann (30) durante o programa Muito+, de Adriane Galisteu(38), na Band, nesta terça-feira, 10. A briga teria ocorrido por uma possível mudança na Record: Ana Hickmann voltaria para o Hoje Em Dia para fortalecer o programa, já que a Rede Globo estreará o programa de Fátima Bernardes (49) no mesmo horário.

Chris afirmou que não estava sabendo de nada: “Eu fiquei tão surpresa quanto as pessoas que leram as notícias. Não entendi nada. Duas semanas antes de sair isso, a gente se abraçou, se beijou, se abraçou, tirou fotos na Record. Tenho muita admiração por ela, ela é muito batalhadora, conquistou tudo que tem graças a seu empenho. Ela me ajudou muito quando cheguei no programa, sou muito grata a ela. Se ela voltar, vou recebê-la normalmente e se tiver que ir ao programa dela, vou com maior prazer.”

O marido de Ana Hickmann, Alexandre Corrêa (37), ligou para a produção do programa e afirmou que a Galisteu ficou do lado da Chris Flores na história. Galisteu se defendeu: “Sou amiga das duas, mas realmente tenho mais convivência com a Chris Flores. Não tenho nada a ver com essa discussão. Eu indiquei a Ana Hickmann na Record e fiz isso com o coração”.

José Luiz Datena (54), que comanda o Brasil Urgente logo após o Muito+, também deu sua opinião ao vivo sobre as duas apresentadoras: “Fiquei espantado com a Ana Hickmann. Ela sempre foi tão legal comigo, sempre foi tão sensível... Quando cheguei na Record, ela me procurou chorando, emocionada, me desejando boas vindas. Tive ótima impressão das duas quando estive na Record, mesmo por pouco tempo. Isso deve acabar e as duas devem continuar apresentando o programa juntas, que é muito legal. Entendo de gente boa e de gente ruim, e digo que gostei muito das duas. Pessoas incríveis.”