Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Analy Rosa e Theo: "Ele é o primeiro filho do BBB"

Redação Publicado em 21/07/2009, às 15h56 - Atualizado às 17h10

Analy e o filho Theo curtem a natureza no Parque Barigui, em Curitiba - JULIO CESAR SOUZA
Analy e o filho Theo curtem a natureza no Parque Barigui, em Curitiba - JULIO CESAR SOUZA
O jeito doce da DJ curitibana Analy Rosa esconde uma mulher guerreira. Determinada, desde que saiu do BBB7, ela investiu fortemente na carreira da DJ o que tem lhe rendido uma agenda lotada com escalas Brasil afora. Mas, não foram somente frutos profissionais que sua passagem pela casa mais vigiada do Brasil lhe rendeu. O amor pelo pernambucano Alan Pierre, seu colega de confinamento, iniciado dentro da casa, acabou resultando na união do casal e na chegada do pequeno Theo, que recentemente completou 11 meses. "Estamos muito realizados pessoalmente. O Theo é um fofo", disse a mãe coruja durante o passeio que fez com o pequeno pelo Parque Barigui, em Curitiba, onde residem. Theo, que é o primeiro filho do BBB, se revela uma criança bem humorada e ativa. No parque, brincou na grama, experimentou pipoca e deu muitos sorrisos para a mamãe. "Adoro ficar com ele, dá trabalho, mas é um amor grande demais", entregou ela que tem se dividido nos cuidados ao herdeiro com o pai, Admir Rosa, já que Alan, atualmente, está na ponte aérea Recife Curitiba, para concluir o curso de Administração de Empresas, que havia ficado em aberto na terra natal. "Meu pai me criou e agora dá aquela força com o Theo. Eles se amam", disse Analy. Cheia de planos, agora com Theo um pouco maior, Analy pretende começar um curso de Live. "Sempre quis fazer, mas com ele muito pequenino não deu certo", entrega ela que atualmente é agenciada pela Play. Outro plano é tornar a reunir a família. "Eu e Alan não vemos a hora de estar juntos outra vez no dia a dia. Sentimos muitas saudades um do outro e ele do filho. Mas, nunca tivemos nada fácil e entendemos que esforços são necessários para alcançar sonhos", filosofou.