CARAS Brasil
Busca
Facebook CARAS BrasilTwitter CARAS BrasilInstagram CARAS BrasilYoutube CARAS BrasilTiktok CARAS BrasilSpotify CARAS Brasil
TV / Globoplay

Paolla Oliveira revela como foi gravar cenas de romance com Nanda Costa em Justiça

Em entrevista exclusiva à CARAS Brasil, Paolla Oliveira revela detalhes da personagem em Justiça 2 e fala de cenas quentes com Nanda Costa

Paolla Oliveira e Nanda Costa protagonizarão romance na segunda temporada de Justiça - Foto: Estevam Avellar/Globo
Paolla Oliveira e Nanda Costa protagonizarão romance na segunda temporada de Justiça - Foto: Estevam Avellar/Globo

Justiça retorna ao streaming para sua segunda temporada seis anos após a exibição da primeira. A produção escrita por Manuela Dias (46) com direção artística de Gustavo Fernández (50), conta Paolla Oliveira (41) em seu elenco. Em entrevista exclusiva à CARAS Brasil, a atriz revela como criou a personagem Jordana, fala de bastidores das cenas quentes com Nanda Costa (37) e adianta detalhes do novo trabalho previsto para estrear em 11 de abril no Globoplay. 

"Jordana é uma empresária de sucesso do ramo da música, uma mulher com muitos ressentimentos e faltas na vida. Ela tem uma personalidade complexa, com muita segurança no trabalho, mas com o lado pessoal frágil e dependente. Sem dúvida, a sua principal característica é o egocentrismo, que faz ela agir sempre em benefício próprio, sem se importar com qualquer tipo de consequência que isso possa trazer", diz. 

Na série, a personagem interpretada pela atriz é casada com Egisto (Marcello Novaes) e é a única herdeira de um grande fazendeiro. Apesar de seu casamento com um homem, ela se envolverá romanticamente com Milena, o que promete trazer fortes emoções. Oliveira mantém segredo sobre os acontecimentos da trama, mas destaca que a parceria com Nanda Costa foi fundamental para a entrega do trabalho.

"Encontros como o que tive com a Nanda fazem o trabalho ser sobre o trajeto, além do resultado. Os dias de gravação foram de generosidade, troca e identificação. Nanda, assim como eu, desejou muito estar nesse projeto e é muito apaixonada e intensa no que faz. Só tenho a agradecer", comemora. 

Leia também: Paolla Oliveira já falou sobre beijo lésbico na TV: 'É como pular de paraquedas'

O papel do Centro-Oeste do Brasil vai provocar reflexões no público. Para viver a também empresária de piseiro, Paolla teve que exercitar a mente. "A personalidade [dela] acaba sendo uma grande inspiração para criá-la. Mas busquei, claro, referências regionais e do ramo da música. E a minha própria reflexão sobre o que é justiça traz também elementos para compor essa personagem."

O desafio de assumir um novo personagem surgiu após sua atuação em "Cara e Coragem" (2022), novela indicada ao Emmy, o maior prêmio da TV mundial, onde interpretou uma dublê. Após concluir as gravações de Justiça 2, a atriz conta que o novo trabalho tem um significado especial. 

"Jordana é uma personagem maravilhosa. É uma construção mais subjetiva. Ela é perigosa, mas sem maniqueísmo. Todo novo papel é um jogo de descobertas, de entrosamento e de condução. Estar num projeto com essa profundidade e que, além de tudo, já é um grande sucesso é um passo prazeroso e importante na minha carreira", afirma. 

Animada para a estreia, Paolla Oliveira diz que a série vai provocar o público com diferentes e atuais temas. "Essas histórias podem levar a uma reflexão do que consideramos justo, de acordo com nossos parâmetros. Problematizar a justiça de acordo com as atitudes, ações e a reações das várias circunstâncias que a vida apresenta para os personagens vai causar identificação e questionamentos no público", conclui.