tv Assustador!

Luisa Marilac relembra instante trágico de sua vida: ''Só senti minhas costas queimarem''

Convidada relembrou como aprendeu a lidar com o sucesso de seu vídeo na internet

CARAS Digital Publicado terça 16 abril, 2019

Convidada relembrou como aprendeu a lidar com o sucesso de seu vídeo na internet
Apresentador ficará chocado com as revelações - Divulgação/SBT/Gabriel Cardoso

Luisa Marilac será a grande convidada de Danilo Gentili no The Noite desta terça-feira, 16. A autora do livro “Eu, Travesti”, comentará sobre sua vida pessoal e como foi ingressar em um cenário profissional, graças a um vídeo que acabou ganhando uma grande expressividade nas redes sociais.

Segundo ela, a sua relação com o conteúdo em questão foi de amor e ódio. A gravação aconteceu em 2010, porém, só depois de um ano, o vídeo passou a ser visto por milhares de internautas nas redes sociais. Na ocasião, a celebridade contou que teria feito para confrontar um ex-marido, que havia a roubado.

“Coloquei em 2010, ficou um ano parado, depois me ligaram falando que bombou. Entrei em depressão, tentei tirar do ar. A história era pra dizer para um ex-marido - que me roubou - que eu estava bem. Foi o que me deu força, porque sou tímida”, disse a personalidade.

No decorrer do bate papo, bem descontraído, eles desfrutarão diversos drinques, fazendo alusão a frase que a tornou conhecida em todo o mundo: “Tomando uns bons drinques”. Durante a conversa, ao falar um pouco sobre sua orientação sexual, Luisa falará sobre as dificuldades que os travestis vivem no Brasil e relembrará um episódio chocante.

Ainda adolescente, ao chegar em São Paulo, ela chegou a ser vítima de uma situação assustadora. Golpeada com facadas, ela chegou a pensar que não iria sobreviver ao acontecimento.

“Cheguei a ficar em coma. Tinha acabado de chegar do interior de Minas, estava sentada em um bar com amigos. Só senti minhas costas queimarem. A travesti no nosso país, infelizmente, não tem o direito de ir e vir”, pontuou Marilac.

Por fim, ela também foi questionada sobre prostituição, surpreendentemente, a musa revelou que sua escolha de ir para a Europa não foi por ser uma amante assídua do sexo, mas, sim, por precisar de recursos e encontrar muita dificuldade em ter um emprego.

“Nunca gostei da prostituição. É diferente você se prostituir e gostar de sexo. Nunca tive a oportunidade de ter carteira assinada”, finalizou a estrela.

Último acesso: 05 Jul 2020 - 02:06:43 (317709).