Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
TV / DE OLHO NA HERDEIRA

Douglas Silva faz revelação sobre atuação de filha em Fuzuê: "Estou aqui para apoiá-la"

Em entrevista à revista CARAS, Douglas Silva falou como tem enfrentado a ideia da filha, Maria Flor, iniciar trabalhos na TV

Douglas Silva e Maria Flor atuam como pai e filha na novela Fuzuê, da TV Globo - FOTOS: MARCIO FARIAS
Douglas Silva e Maria Flor atuam como pai e filha na novela Fuzuê, da TV Globo - FOTOS: MARCIO FARIAS

Douglas Silva (34) confessa que tem adorado acompanhar o desenvolvimento artístico da filha mais velha, Maria Flor (11), na telinha da TV Globo. Em entrevista à revista CARAS, o artista falou um pouco sobre estar atuando com a herdeira em Fuzuê, onde fazem pai e filha. 

“É incrível ver o quanto ela é capaz e está apta para atuar. O mais surreal é que ela não fez curso, então tem o DNA, é a veia artística”, observa Douglas, que involuntariamente acabou fazendo a filha ganhar destaque na mídia durante o BBB 22.

Orgulhoso do desempenho de Maria Flor, o artista, que também começou atuando durante a infância, reforça que a pequenina tem um dom natural e não tem feito muito esforço na hora de decorar os textos da novela. 

"Ela tem uma ferramenta boa para trabalhar, que pode impulsioná-la para o que ela almeja na vida. Não sei como estão as expectativas dela para o futuro, estou aqui para apoiá-la em tudo. Lembro de ela falar que queria ser pediatra, agora está como atriz, mas ela pode ser as duas coisas se quiser”, avisa.

Lembrado até hoje por ter participado do filme Cidade de Deus, Douglas Silva garante que a realidade de Maria é completamente diferente da sua no início da carreira. Nascido em uma comunidade pobre do Rio de Janeiros, ele batalhou bastante para conseguir conquistar o estrelato e mudar a vida de seus familiares. 

Leia também: Filha de Douglas Silva, Maria Flor entrega medo antes de estreia em Fuzuê: 'Pressão'

"Minha mãe tinha cinco filhos, era solteira, com dois empregos para conseguir alimentar seis bocas. Então, minhas prioridades e pensamentos eram diferentes. A Maria é uma criança que nasceu na Barra da Tijuca, é patricinha, herdeira sabe? Então, as condições dela, as necessidades são totalmente diferentes”, explica.

O ex-BBB afirmou que se preocupa bastante com o futuro da filha, para ela não perder fases importantes da vida. “Se ela é criança, tem que viver como tal. Se é pré-adolescente, tem que ser pré-adolescente, para que, mais tarde, não seja uma pessoa frustrada e cheia de problemas porque não viveu tudo o que tinha que viver”, reflete.