Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Novo lar de Carol Scaff e clã em Miami

Repórter fala da rotina com a família nos Estados Unidos

CARAS Publicado em 09/07/2016, às 09h24

Carol Scaff - NATALY SYAKOVA
Carol Scaff - NATALY SYAKOVA

Repórter do Programa Amaury Jr., da RedeTV!, Carol Scaff (31) está, há quatro meses, redescobrindo sua paixão por Miami. Ela, que também é modelo e já morou na cidade há seis anos, voltou a viver no local com o amado, o empresário do ramo de bebidas saudáveis Guilherme Golombek (35) e o filho do casal, Benjamin (2). “É uma fase maravilhosa na minha vida. Meu marido está ampliando os negócios e decidimos nos mudar para cá. Miami é uma cidade que, para mim, sempre teve um clima de férias, e é quente, bem parecido com o do Brasil”, disse ela, que mesmo longe do País, continua produzindo matérias para a atração de Amaury Jr. (65). “As coisas estão muito evoluídas aqui na parte artística. Uma das minhas matérias recentes foi sobre a abertura de novas galerias de arte no bairro de Wynwood, um lugar que dá alma à cidade. Também tenho meu site, o Joy In, em que dou várias dicas de lifestyle, beleza, gastronomia, viagens e atividades para crianças, tanto aqui quanto em outros destinos”, completou. Entre os melhores lugares para se conhecer em um tour por Miami, ela indica a região do Art District. “É um lugar pelo qual sou apaixonada, onde estão os melhores restaurantes, as galerias de arte, os cafés e as lojas”, contou a bela.

Moradora de Aventura, cidade a meia hora de Miami, Carol afirma que, por estar gravando de forma mais esporádica, consegue se dedicar melhor à família. “Eu e meu marido sempre conhecemos lugares novos. Pelo menos duas vezes por semana, saímos só nós dois. Também adoramos andar de bicicleta ou patins”, ressaltou. Totalmente adaptada à nova vida, ela costuma praticar corrida durante a manhã, fazer aulas de hip hop e ficar com o herdeiro. O menino estuda há um ano em uma escola bilíngue e deve começar as atividades escolares em agosto, acompanhando o calendário americano. “Ele teve uma adaptação incrível. Quero prepará- lo para o mundo”, finalizou Carol.

 Carol Scaff