tv Emoção

Bárbara Paz se emociona ao lembrar morte do marido: ''Odiaria que eu estivesse chorando''

No Conversa com Bial, atriz emocionou ao falar do marido, falecido em 2016

CARAS Digital Publicado quarta 9 outubro, 2019

No Conversa com Bial, atriz emocionou ao falar do marido, falecido em 2016
Bárbara Paz se emociona ao lembrar morte do marido: ''Odiaria que eu estivesse chorando'' - Reprodução/Globo

O Conversa com Bial desta terça-feira, 8, recebeu Bárbara Paz, que se emocionou ao lembrar dos últimos momentos do marido, Hector Babenco, falecido em 2016 após uma árdua luta contra o câncer.  

A pauta da conversa foi o lançamento do documentário Babenco - Alguém tem que ouvir o coração dizer: Parou, dirigido pela atriz, que também é produtora e cineasta. 

No telão, Pedro Bial exibiu imagens do diretor, responsável por grandes sucessos como O Beijo da Mulher Aranha e Carandiru.

"Ele odiaria que eu estivesse chorando, ele odeia melodramático”, brincou Bárbara, emocionada. 

A artista revelou ao apresentador que precisava retratar o amor e o marido.

"Eu acho que a conclusão é que o feitio desse filme é um filme amor. É um filme que eu precisava retratar esse homem. Eu precisava congelar esse homem rapidamente, não só para mim, mas para todos e dessa forma com meu olhar", declarou.

Último acesso: 03 Jul 2020 - 16:18:03 (331281).