revista Na natureza

A rotina de Patricia Beck na Patagônia

Top se muda para o Chile com o marido e os pequenos Ben e Cora

Fernanda Chaves Publicado quarta 22 setembro, 2021

Top se muda para o Chile com o marido e os pequenos Ben e Cora
A rotina de Patricia Beck na Patagônia - Foto: Gustavo Zylbersztajn

Após rodarem o mundo a trabalho, a modelo Patricia Beck (39) e o marido, o fotógrafo Gustavo Zylbersztajn (42), decidiram criar raízes em outro país quando nasceu o primeiro filho do casal, o pequeno Ben (3). Em Futaleufú, na Patagônia chilena, a família, que está ainda maior com a chegada da caçula, Cora (1), mudou o estilo de vida, investindo na sustentabilidade.

A catarinense quer inspirar outras pessoas e, além de ser embaixadora do movimento slow fashion, que combate o excesso de consumo na moda, e do aleitamento materno, ela e o eleito estão construindo o Mapu, que não será um hotel, mas sim um lugar onde os visitantes poderão ir para se conectar com a natureza.

A rotina de Patricia Beck na Patagônia
Patricia Beck, Gustavo Zylbersztajn e os filhos, Ben e Cora — Foto: Gustavo Zylbersztajn

— Por que decidiu se mudar?
Em 2014, veio uma grande vontade de morar fora do País, de criar raízes fora do circuito da moda. E nos apaixonamos pela Patagônia. Aqui a natureza grita. É surreal o que encontramos por aqui e ainda é tão intocado. Em 2017, começamos a mexer no terreno e nos mudamos logo após o nascimento do nosso filho.

— Deu medo?
Medo não, mas sabíamos que precisaríamos abrir mão de muita coisa... como a família por perto, da cidade e um pouco da nossa carreira profissional. Mas, antes dissso, eu já havia entendido meu propósito de somente trabalhar com marcas que fizessem parte do meu estilo de vida. 

— Como ficou a sua carreira?
Hoje falo muito mais ‘não’ do que ‘sim’, trabalho com marcas sustentáveis, que não testam em animais, que trabalham com ONGs pelo Brasil inteiro. Não é fácil, não estou rica, mas acho que o mundo precisa mudar e a mudança começa em casa.

— Três anos depois, vê que fez a escolha certa para sua vida?
Eu amo estar em contato com a natureza e aqui os ciclos são bem divididos. Acho isso tão lindo! Não somente pela beleza das paisagens, mas sim por entender que não adianta pular uma parte do processo. Sou grata por poder criar meus filhos aqui, hoje meu maior sonho é este.

A rotina de Patricia Beck na Patagônia
Patricia Beck, Gustavo Zylbersztajn e os filhos, Ben e Cora — Foto: Gustavo Zylbersztajn

— Você também adquiriu um novo estilo de vida...
Eu tenho meu próprio mantra: “Um passo por vez até a solidez”. E assim está sendo. Meu estilo de vida, comecei a mudar aos poucos; quando percebi, já fazia parte do meu dia a dia.

— A maternidade também foi importante nessa virada?
Com certeza, me deu mais força para acontecer. Comecei a ver o mundo de uma maneira muito diferente. É impressionante a força que uma mãe tem. Amo a maternidade e tudo que vem junto.

— Em 2019, a casa de vocês em São Paulo pegou fogo...
No início foi muito triste, mas pensamos e encaramos isso como uma limpeza que foi necessária. Nossa vida pós-incêndio é muito diferente da de antes. Não só por não termos tudo aquilo que era nosso. Mas por entender que não aconteceu nada com a gente, com nosso filho, que tudo que estava lá dentro era material e que isso a gente pode conquistar de novo se quisermos.

— Quer inspirar mais pessoas com seu estilo de vida?
Se eu conseguir mudar o estilo de vida, mesmo que seja de uma única pessoa, sinto que já cumpri a minha missão.

Patricia Beck
Patricia Beck — Foto: Gustavo Zylbersztajn

Último acesso: 17 Oct 2021 - 04:05:35 (400467).

Leia também

TV CARAS