Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Realeza / Leilão

Roupa icônica da princesa Diana é vendida por valor inacreditável. Saiba quanto!

Suéter icônico da princesa Diana, com estampa de ‘ovelha negra’, é vendido em leilão por valor impressionante

por Priscilla Comoti

pcomoti_colab@caras.com.br

Publicado em 18/09/2023, às 11h06

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Suéter da princesa Diana é vendido em leilão - Foto: Getty Images
Suéter da princesa Diana é vendido em leilão - Foto: Getty Images

A princesa Diana faleceu em 1997, mas seus fãs ainda estão em busca de lembranças dela. Tanto que um leilão acaba de vender uma peça de roupa icônica da princesa por um valor inacreditável. Nos últimos dias, um suéter de Diana foi vendido por US$ 1,1 milhão - cerca de R$ 4,8 milhões.

A roupa vendida foi o suéter de ovelha negra que a princesa usou em 1981, quando ela foi assistir a uma partida de pólo do príncipe Charles. O suéter estava guardado com a estilista que o confeccionou há vários anos, Sally Muir. Isso porque o palácio real o devolveu para ser consertado e o estilista decidiu mandar uma nova peça para Diana, ficando com o suéter danificado para si.

“Eu estava no sótão em fevereiro procurando um padrão e por acaso notei uma velha caixa em um canto - e havia um suéter de ovelha vermelho enrolado em uma colcha de algodão. Estava bem preservado e tive um pensamento: ‘Será que é esse?’. Olhei para o punho, que obviamente havia sido costurado, e liguei para Sal e disse: ‘Acho que encontrei o verdadeiro suéter da Diana!’”, disse ela.

O valor que a peça atingiu no leilão foi o mais alto já pago por uma peça de roupa de Diana depois de sua morte. O item foi vendido em apenas 15 minutos, mas a identidade do comprador é mantida sob sigilo.

O acidente que tirou a vida da princesa Diana

Há 26 anos, no dia 31 de agosto de 1997, a Princesa Diana falecia. A então Princesa de Gales comoveu o mundo todo ao se envolver em um acidente de carro em Paris. Junto com ela estavam seu namorado Dodi Al-Fayed e o motorista do veículo, que também faleceram na hora.

Na época do acidente, já havia um ano que Diana estava divorciada do então Príncipe, Charles III. O divórcio um ano após a polêmica entrevista da Princesa à BBC em que ela afirmava que seu então marido estava tendo um caso com outra mulher. “Éramos três nesse casamento, estava um pouco lotado”, disse Diana na entrevista histórica.

Era uma tarde do dia 30 de agosto quando Diana e seu namorado, o empresário egípcio Dodi Al-Fayed deram entrada no Hotel Ritz de Paris, no qual o dono era Mohamed Al-Fayed, pai de Dodi. Após jantarem, o casal saiu pelos fundos do luxuoso hotel para não serem assediados por fãs e paparazzis.

Na Mercedes em que o casal estava, o motorista tentou fugir de alguns paparazzis que estavam os perseguindo em motocicletas. O veículo bateu em alta velocidade na coluna de um túnel próximo a Pont de L’Alma, em frente a Torre Eiffel.

O motorista, que tinha alto nível de álcool no sangue, e Fayed morreram na hora. Diana foi levada para o hospital Pitie- Salpetriere, onde passou por duas horas de cirurgia. Porém, a Princesa não resistiu aos ferimentos e faleceu às 4 horas da manhã no horário local.