Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
PODCAST CARAS / ENTREVISTA

Reynaldo Gianecchini revela cobranças durante casamento com Marília Gabriela: 'Avassalador'

Em entrevista ao Podcast CARAS, Reynaldo Gianecchini também contou como lida com o abandono

Mariana Arrudas Publicado em 23/08/2023, às 14h15 - Atualizado em 26/08/2023, às 11h20

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
O ator Reynaldo Gianecchini durante entrevista ao podcast da CARAS Brasil - Foto: Reprodução/CARAS
O ator Reynaldo Gianecchini durante entrevista ao podcast da CARAS Brasil - Foto: Reprodução/CARAS

Eterno galã, o ator Reynaldo Gianecchini (50) teve um casamento com a jornalista Marília Gabriela (75) entre os anos de 1999 e 2006. Em entrevista ao podcast CARAS, que vai ao ar em 14 de setembro, o ator relembrou o início da relação e também as cobranças que sentia na época.

Reynaldo Gianecchini começou a namorar a jornalista em 1998, um ano antes de se casarem. Na época, ele tinha 25 anos e Marília Gabriela tinha 50. A apresentadora já contou que recebeu muitas críticas devido ao relacionamento que rendeu um casamento de 7 anos.

"Quando a Marília entrou na minha vida foi avassalador, nunca imaginei que eu iria me casar com ela. Conheci ela quando morava fora do Brasil, eu nem era conhecido, então não tinha cobrança. Mas, depois, todo mundo ficava cobrando porque eu não estava com uma menininha bonitinha, modelinho."

Leia também:Mãe de Bruno Fagundes descarta comparações entre o filho e o ex em peça com Reynaldo Gianecchini

Gianecchini ainda afirma que continua admirando a ex-esposa, e que o relacionamento entre os dois é saudável. O artista já chegou a participar do podcast de Theodoro Cochrane, filho da jornalista, fruto do relacionamento com Zeca Cochrane.

O galã também conta que não sabe lidar muito bem com a questão do abandono, e que isso é bastante recorrente em sua vida. "Quer me deixar maluco? É marcar uma coisa comigo e não aparecer. Acontece muito, é o que mais acontece. Não quero essas pessoas na minha vida, pode parecer radical, mas é porque está mexendo na minha ferida."

Ele diz que, apesar de não ter tido muitos relacionamentos na vida, já ficou arrasado após términos e isso o ajudou a começar a fazer terapia. Hoje, Gianecchini afirma não se apaixonar facilmente, mas diz ter diversas paixonites ao longo dos dias.

"Eu sou uma pessoa mais do afeto, mas até a página dois. Para passar dessa página, tenho que entender que é uma pessoa de confiança, que nosso jeito de viver é compatível, que nosso intelecto bate. Paixonites eu tenho, eu acho o ser humano muito interessante."

CONFIRA VÍDEO DE REYNALDO GIANECCHINI EM ENTREVISTA À CARAS: