Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Música / Saudades!

Zezé Di Camargo relembra instante com irmão que faleceu: ''Ferida na alma''

Cantor lamentou a partida do companheiro que foi vítima de um acidente de carro

CARAS Digital Publicado em 13/03/2019, às 13h34 - Atualizado às 13h57

O cantor lamentou a partida do familiar e citou uma dor única - Reprodução/Instagram
O cantor lamentou a partida do familiar e citou uma dor única - Reprodução/Instagram

Zezé Di Camargo compartilhou um instante bem sentimental nas suas redes sociais nesta quarta-feira,13. Ao publicar um registro antigo ao lado de um dos seus irmãos, Emival, que faleceu em 1975, vítima de um acidente de carro, o cantor lamentou a perda do companheiro e aproveitou para fazer uma declaração um tanto quanto emocionante.

Ainda crianças, os dois protagonizavam a dupla Camargo e Camarguinho, e sonhavam em despontar no universo fonográfico, porém, o destino acabou os separando. A fim de enfatizar a importância do parente em sua vida, até os dias de hoje, o sertanejo não economizou palavras emocionantes para se referir a ele.

"Hoje me bateu uma saudade de você meu irmão... É uma ferida que fica na alma e não cicatriza nunca!", declarou o astro.

Alguns anos após o trágico acontecido, outro irmão de Zezé, Luciano, decidiu dar continuidade ao sonho que o familiar tinha. Juntos, os dois acabaram se tornando uma das maiores referências da música sertaneja, não só pelos grandes sucessos que entoaram juntos, mas também, pela história de vida para lá de emocionante, que acabou virando filme.

Nos comentários, os fãs fizeram questão de deixar mensagens de apoio e conforto para o cantor. Sempre muito interativo com o público, Zezé agradeceu a preocupação dos internautas.

“Saudades significa o quanto seu momento foi importante. Saudades significa valores desses momentos. É bom ter saudades para a gente pensar em viver bem com aqueles que ainda estão entre nós. Mas que Deus possa acalmar esse coração”, escreveu um seguidor. “Quem a gente ama Zezé nunca morre.Estará sempre vivo dentro da gente”, publicou um segundo. “É, essa dor parece eterna, às vezes adormece, mas quando lembramos da pessoa, a ferida abre novamente, só Deus para nos dar forças”, pontuou outro.

Confira: