Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Vencedor do American Idol, Phillip Phillips processa produtora do programa por 'manipulação'

Phillip Phillips, vencedor do American Idol de 2012, acusa a produtora 19 Entertainment de 'manipular' sua carreira e tomar decisões sem o consentimento dele

CARAS Digital Publicado em 27/01/2015, às 10h18 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Phillip Phillips - Getty Images
Phillip Phillips - Getty Images

O cantor Phillip Phillips (24), que venceu o American Idol em 2012, está processando a produtora 19 Entertainment, responsável pelo programa. De acordo com o requerimento judicial feito no último dia 22, Phillips alega que tem sindo 'manipulado' pela empresa a aceitar trabalhos contra sua vontade - como se apresentar para um dos patrocinadores do reality show de graça - e que a produtora esconde informações sobre a carreira dele - como o título do seu último álbum, Behind the Light, que ele só teria tido conhecimento depois que os empresários divulgaram na imprensa.

Phillips, que ficou conhecido no Brasil com a música Home, da trilha sonora da novela Sangue Bom (2013), declarou em comunicado ser grato por ter participado e vencido o American Idol, mas ressaltou a importância dele ter controle sobre o que faz. "Sou muito grato pelas oportunidades que tive por aparecer no American Idol. O valor que os fãs e o programa tem dado para a minha carreira não foi perdido. Contudo, eu não tenho sentido que sou livre para conduzir a minha carreira de um jeito que me sinta confortável. Eu anseio por poder tomar as minhas próprias decisões sobre minha carreira e ser capaz de fazer boa música e tocar para os meus fãs", afirmou ele, segundo The Hollywood Reporter. 

A ação movida por Phillips tem base na lei referente às agências de talento na Califórnia, que garante que apenas agentes licenciados podem procurar empregos para os seus clientes. O cantor está nas mãos da 19 Entertainment desde que ganhou o American Idol, em maio de 2012. A empresa tem registro como produtora, mas mesmo assim fechou vários contratos para ele. Antes mesmo de Phillips vencer o reality, a 19 Entertainment já tinha fechado contratos de agenciamento, marketing, gravação e publicidade para ele, ficando com 40% do que o artista ganhou. 

Phillips diz que foi manipulado a aceitar trabalhos que só beneficiaram a empresa e suas afiliadas. Oficialmente, a 19 Entertainment declarou que procura fazer o melhor para a carreira do artista e que irá responder na justiça qualquer questão que não concordem sobre o processo movido contra eles.