Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Música / Bastidores

Juliette toma atitude após ser acusada de plágio: ‘Peço desculpas’

Juliette rompe o silêncio ao revelar a verdade por trás de acusação de plágio em música e divulga declaração oficial

por Priscilla Comoti

pcomoti_colab@caras.com.br

Publicado em 19/10/2023, às 10h11

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Juliette - Foto: Reprodução / Instagram
Juliette - Foto: Reprodução / Instagram

A cantora e ex-BBB Juliette Freire se pronunciou oficialmente sobre a acusação de plágio na campanhaMagia Amarela, que é uma ação comercial com uma parceria dela com a cantora Duda Beat. Assim que a música da campanha foi divulgada, os internautas apontaram semelhanças do projeto com AmarElo, de Emicida, e a acusação de plágio repercutiu nas redes sociais. Assim, a cantora divulgou um comunicado.

Em seu depoimento, Juliette se desculpou pela situação e disse que foi apenas contratada para interpretar a canção e fazer parte da ação publicitária, mas os direitos autorais ficaram por conta da marca contratada. Mesmo assim, ela informou que a campanha foi cancelada e a música será removida da internet.

“Sobre a campanha Magia Amarela. É extremamente necessário e importante informar que eu e minha equipe jamais compactuaríamos ou participaríamos cientemente de atitudes de plágio e apropriação criativa. Fui contratada para uma campanha publicitária em que interpretaria uma canção e um videoclipe e, nesses casos, os processos de liberações autorais são de responsabilidade do contratante. Peço desculpas e lamento profundamente as consequências deste ocorrido. Estejam certos de que tomaremos providências e aumentaremos, ainda mais, o nosso cuidado sobre propriedade intelectual e diversidade em futuros trabalhos artísticos e comerciais. Por fim, informo que a campanha foi cancelada e a música será retirada de todas as plataformas digitais”, informou.

A cantora Duda Beat, que gravou a canção com Juliette, também se pronunciou sobre a acusação de plágio em um depoimento oficial nas redes sociais. “Ratifico que não existiu qualquer participação criativa minha na concepção, identidade visual, composição da letra ou produção musical da faixa/jingle publicitário da campanha. Peço desculpas pela situação gerada e renovo meu compromisso de estar vigilante sobre os direitos de propriedade intelectual e a diversidade de oportunidades dentro do contexto artístico e comercial que me couber daqui por diante. Por fim, informo que a campanha foi cancelada e a música retirada das plataformas digitais”, declarou.

Juliette

Juliette

Entenda a repercussão

O suposto plágio foi apontado logo após a divulgação de Magia Amarela, parceria de Juliette e Duda Beat, nas redes sociais. Os internautas perceberam as semelhanças do conceito do cenário e da arte visual com a música AmarElo, de Emicida.

Com isso, o irmão de Emicida, o produtor Evandro Fióti, fez uma live com indiretas nas redes sociais. "Tem banda de artista branco que a gente encontra em todo lugar, que mal lançou um disco e que em um ano já ganhou um Grammy. A gente levou 12 anos para ganhar um Grammy. E o trabalho que a gente ganhou um Grammy acabou de ser roubado conceitualmente. Entendeu? Tem noção o ódio que gera? Tem noção a vontade que dá de botar fogo em tudo?", disse ele, e completou: "Sabe apropriação e tudo aquilo que a gente discursa sobre ética? Então, esse mercado tem bem pouco. Sem criticar as artistas que inclusive admiro. Mas nosso jurídico vai trabalhar".

Inclusive, Evandro comentou que a música de Juliette e Duda Beat faz parte de um projeto publicitário, que até procurou Emicida para a parceria, mas não fecharam um acordo. "Essa marca negociou com a gente, só que a gente não chegou a um acordo por cronograma, prazo e questões financeiras também, porque a verba que eles tinham não justificava a entrega que a gente tinha que fazer", afirmou.