Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Esporte / Olimpíada

Thiago Pereira projeta nova medalha nos Jogos Olímpicos de Londres

‘Na quarta-feira (dia 1º de agosto), disputo a minha prova favorita, a de minha especialidade, que são os 200m medley, onde foquei toda minha preparação’, declara Thiago Pereira à CARAS Online

Redação Publicado em 30/07/2012, às 10h12 - Atualizado às 10h33

Thiago Pereira conquista a medalha de prata nos 400 metros Medley na Olimpíada de Londres - Reuters
Thiago Pereira conquista a medalha de prata nos 400 metros Medley na Olimpíada de Londres - Reuters

Medalhista de prata nos 400 metros medley dos Jogos Olímpicos de Londres, o nadador brasileiro Thiago Pereira (26) mostra ainda estar muito concentrado no maior evento esportivo do planeta, já que no dia 1º de agosto, ele realiza a prova em que se sente mais à vontade dentro das piscinas.

“Espero que venha mais uma (medalha), sim! Na quarta-feira, disputo a minha prova favorita, a de minha especialidade, que são os 200m medley, onde foquei toda minha preparação, e novamente vou entrar para ganhar”, declara o atleta em entrevista exclusiva à CARAS Online.

Essa mesma confiança e determinação demonstrada por ele para seu próximo desafio na Inglaterra também foram decisivas para que Thiago conquistasse sua primeira medalha olímpica e alcançasse todos os seus objetivos profissionais no esporte.

“Entrei naquela prova como entro em todas as outras, para ganhar. Lógico que tinha adversários de peso, o que deixou a disputa bem forte, mas minha preparação foi focada nisso, queria muito uma medalha e me dediquei 100% para trazê-la”, declara ele, que também revela que o treinamento ao lado dos outros nadadores brasileiros antes da competição foi muito importante para que ele pudesse chegar com excelentes condições em Londres.

“Os últimos 11 meses em que treinei com o PRO 16 - Projeto Rumo ao Ouro 2016, idealizado pelo Cesar Cielo - realmente fizeram a diferença, por isso agradeço muito ao 'Albertinho' (Alberto Silva, treinador do atleta) e aos meus colegas. E, claro, todos que me apoiaram e torceram por mim”, afirma.

Descrevendo a emoção da conquista inédita na carreira, Thiago Pereira destaca que terminar uma prova à frente de um dos maiores nomes da natação é muito significante. “Para mim é a realização de um sonho, pois é a minha terceira Olimpíada, sendo que fui finalista em três oportunidades (uma em 2004, em Atenas, e duas em 2008, em Pequim). Agora, finalmente consegui subir ao pódio e ainda superando o (norte-americano) Michael Phelps (27), um dos maiores nadadores da atualidade. É fantástico!”. Vale lembrar que Phelps tem 14 medalhas de ouro em Jogos Olímpicos.