esporte Polêmica

Justiça americana determina soltura de goleiro do São Paulo acusado de agredir a esposa

Goleiro do São Paulo acusado de agredir a esposa é solto após decisão da Justiça

CARAS Digital Publicado quinta 19 dezembro, 2019

Goleiro do São Paulo acusado de agredir a esposa é solto após decisão da Justiça
Goleiro do São Paulo é solto após decisão da Justiça - Reprodução/Instagram


O goleiro do São Paulo, Jean, foi solto no fim da tarde desta quinta-feira, 19, após determinação da Justiça dos Estados Unidos. 

Ele é acusado de agredir a esposa, Milena Bemfica. A soltura do atleta foi determinada em audiência que ocorreu hoje em Orlando, mas ele segue sendo processado por violência doméstica na Flórida.

Seguindo o determinado pela Justiça, o brasileiro terá que manter distância de sua mulher e poderá continuar a ter contato com as filhas do casal, Maria Eduarda Maria Valentina, mas sob a supervisão de terceiros.

Ele, que estava curtindo férias com a família em Orlando, poderá retornar ao Brasil e responder através de um advogado constituído no estado americano.

O esportista não precisou pagar fiança por prometer comparecer perante o tribunal em audiências futuras e em se comprometer a não se envolver em outras ações ilegais.

No depoimento consta que Milena foi agredida com oito socos no rosto após uma discussão entre o casal. Segundo a versão de Jean, ela teria se irritado ao ver uma conversa dele com outra mulher no telefone e o agrediu com uma chapinha por sentir ciúmes, além de morder uma de suas coxas.

Após o episódio, o São Paulo Futebol Clube decidiu rescindir o contrato, que só chegaria ao fim em 2022.

Milena usou sua rede social para se manifestar após a soltura do marido. Ela afirmou que não deu queixa contra o atleta "pelo simples fato de que, se eu desse, ele teria que pagar tudo aqui nos Estados Unidos, e eu não quero um futuro desse para as minhas filhas".

 

 

 

Último acesso: 29 May 2020 - 04:19:09 (338635).