Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Especial / Exclusiva

Sérgio Marone pede atenção com meio ambiente e fala em colapso social: ''Não tem futuro''

O apresentador fez um alerta pelos perigos que a sociedade já enfrenta por conta dos problemas ambientais

CARAS Brasil Publicado em 23/04/2021, às 18h53 - Atualizado em 26/04/2021, às 15h46

Sérgio Marone - Reprodução/ Instagram
Sérgio Marone - Reprodução/ Instagram

O público está acostumado a ver SérgioMarone brilhando nas novelas, mas nem todos conhecem seu lado defensor do meio ambiente.  

Em uma live com a CARASBrasil, o ator dividiu algumas informações alarmantes sobre o consumo de plástico da sociedade e o grande aumento na produção de lixo. ''A gente como ser humano, precisamos nos re-posicionar! Precisamos nos respeitar mais, porque quando falamos em meio ambiente, estamos falando da nossa saúde! Quanto menos você compra, menos lixo você produz, menos plástico vai parar nos oceanos, menos plástico vai parar dentro da gente! Li uma matéria que informa que, atualmente, estamos ingerindo cerca de 1 cartão de crédito de plástico  por semana! Como é descartado de qualquer maneira, vai parar nos rios e oceanos e o sol acaba derretendo e o filtro já não consegue filtrar as partículas e nós acabamos ingerindo'', declarou. 

Marone levantou também a questão do aumento de números de casos de câncer devido a essa relação com o lixo humano. ''O plástico é cancerígeno! Então não é atoa que a gente vê cada vez mais gente ai ficando com câncer'', contou. 

Sérgio também mencionou sua preocupação com um futuro apocalíptico, caso o ser humano não mude sua postura referente aos cuidados com a natureza, e citou que já podemos ver sinais preocupantes desse impacto ao redor do mundo.  

''A ciência fala para nós a mais de 100 anos sobre aquecimento global! Só que existe todo um lobby das empresas do petróleo, que conseguiram esconder isso embaixo do tapete por muito tempo![...] O aquecimento global é algo muito sério! É uma coisa que vai afetar a vida de todos desse planeta! Vai faltar água, vai faltar comida. Já tem êxodos acontecendo pelo mundo todo! A migração em busca de água e de comida vai crescer muito! Todos serão afetados''. 

Exemplificando seu ponto sobre os sinais iniciais da escassez de recursos naturais, o apresentador citou lugares do globo que já lidam com esse problema que tende a crescer. ''Já está faltando água na cidade do Cabo, na África, que é uma cidade do tamanho de São Paulo, praticamente. Israel já tira água do mar para fazer dessalinização! Não é pobre ou rico. Todos vão sofrer com isso''.