Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Passeio de bicicleta mostra o melhor da arte urbana em São Paulo

Em passeio de três horas, ciclistas poderão admirar grafites, como o painel feito pelo artista Eduardo Kobra em homenagem ao arquiteto Oscar Niemeyer. Confira o roteiro que vai da Vila Mariana à Vila Madalena

Raquel Brandão Publicado em 30/07/2013, às 18h56 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Em passeio de três horas, ciclistas poderão admirar grafites - Reprodução / Facebook
Em passeio de três horas, ciclistas poderão admirar grafites - Reprodução / Facebook

De dentro do carro você percebe a cidade de São Paulo? É bem possível que ela passe tão rápido diante de seus olhos que você nem consiga perceber os detalhes. Pensando nisso, o passeio Conexão Art Bike promete conectar as pessoas à arte urbana e à própria cidade. O projeto foi idealizado pelo blog Conexão Cultural, a Hey!São Paulo - que oferece tours guiados de bicicleta - e o Studio Kobra, do artista plástico e grafiteiro Eduardo Kobra.

+Arte de rua é ponto de partida para conhecer São Paulo a pé

+Empreendimento imobiliário convida grafiteiros para pintar andares de prédios

Para inaugurar os passeios, que serão mensais, a Conexão Art Bike levará neste domingo, 4 de agosto, 30 pessoas para pedalar pela cidade observando diversas obras de arte pelas ruas. Os ciclistas sairão às 9h do ponto de encontro, o We Hostel, na Vila Mariana, com destino ao estúdio de criação de Kobra, na Vila Madalena. Nos cerca de 15 km de trajeto - a maioria nas ciclofaixas- os participantes poderão admirar desde o painel de Kobra em homenagem ao arquiteto Oscar Niemeyer, na Av. Paulista, até o trabalho de outros grafiteiros espalhados pelas ruas.

+Eduardo Kobra faz calçada 3D em SP

“São Paulo tem uma veia cultural fortemente ligada ao grafite. De bike, o indivíduo se torna um observador da cidade ao seu redor. Ele toma a cidade para si”, explica Manuela Colombo, responsável pelo blog cultural que visa a ocupação das cidades pela interação e criatividade.

O passeio é aberto a pessoas de todas as idades, mas recomenda-se ciclistas a partir dos 7 anos por conta do esforço físico. Para garantir seu lugar, escreva para hey@heysaopaulo.com.br. O custo é de 30 reais por pessoa (incluindo uma camiseta do projeto). Para quem quiser alugar a bike, serão 20 reais a mais. Avise no e-mail se precisar da bicicleta, pois há um número limitado. O passeio dura aproximadamente três horas.