Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Mês das crianças: veja dicas para decorar quartos infantis e inspire-se com 60 ideias

A decoração de um quarto infantil tem que respeitar a personalidade da criança e oferecer segurança e conforto. A seguir, um arquiteto dá dicas para decorar o ambiente. Confira!

CARAS Online Publicado em 11/10/2013, às 16h29 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Decoração de quarto infantil - Reprodução Pinterest/Giesendesign Studio
Decoração de quarto infantil - Reprodução Pinterest/Giesendesign Studio

O mês das crianças chegou e nada mais incrível do que dar ao seu filho o quarto dos sonhos! Toda criança quer ter seu cantinho de fantasias com suas cores prediletas e decoração do desenho favorito.


O arquiteto Marcelo Rosset deu dicas à CARAS Online para reformar o quarto de seu filho e deixa-lo incrível, com cores de acordo com o sexo e personalidade dele e acessórios que não podem faltar. Ele ainda alerta sobre os riscos de alguns objetos decorativos para a segurança da criança - vidros que possam bater a cabeça e materiais frágeis que possam quebrar devem ser evitados. “É importante que os móveis sejam aprovados pelo Inmetro para não machucar o bebê e que as paredes recebam tintas atóxicas que não saiam na pele dele”.

Beliches de formato inovador são alternativas para decorar quartos pequenos

BEBÊ: Sempre alerta com quem você ama


Um quarto lindo marca a chegada do bebê recém-nascido. Mas quem vai usufruir deste ambiente, na verdade, é a mamãe. Então lembre-se disso e utilize cores neutras e suaves em objetos essenciais: berço, trocador, armário e sofá-cama (para a babá e paras as visitas). O bege clarinho, por exemplo, além de combinar com tudo, vai deixar o bebê calminho - pois a claridade de um ambiente traz esse efeito. A partir disso, invista em cores primárias (amarelo, vermelho) nos acessórios como: lençóis, cortinas, brinquedos.  “Ter os móveis em tons neutros e os objetos coloridos facilita também na hora de reformar o local para um segundo filho”.

Já as crianças maiores precisam de espaço para brincar. “Para um quarto de crianças dê a elas o querem: o mundo da imaginação. Nesta idade, elas querem se esconder, ficar fantasiadas”, disse o arquiteto. Neste caso, invista em cores mais vivas como azul, vermelho e verde. Elas deixam os pequenos mais agitados, mas fazem o ambiente mais colorido e mágico.

Quanto aos móveis, Rosset lembra que as beliches estão na moda novamente, mas desta vez elas vêm suspensas, sem outra cama embaixo. Além de dar mais espaço (no chão) para outros móveis e até para as brincadeiras, deixa o quarto moderno e dão às crianças a aventura de dormir nas alturas.

+ Papéis de parede e acessórios podem mudar a decoração de quartos infantis. Saiba como!

A seguir, veja nossa galeria com 60 quartos infantis, retiradas diretamente do Pinterest, e inspire-se.