Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Luana Piovani celebra seus 40 anos: "Tudo é positivo"

Exuberante, festeja vida e diz que aprende até com a crise no casamento

por Luciana Marques Publicado em 01/09/2016, às 09h28

Na megafesta no Copa Palace, Rio, a atriz celebra com Pedro e Dom, primogênito do casal - CADU PILOTTO
Na megafesta no Copa Palace, Rio, a atriz celebra com Pedro e Dom, primogênito do casal - CADU PILOTTO

Espetacularmente linda, de vestido trançado com linha de seda, pérolas e cristais, deixando à mostra barriga e pernas, Luana Piovani chegou radiante à comemoração dos seus 40 anos, no Copacabana Palace, Rio. Em cada gesto, sorriso e palavra, manifestava sua felicidade com o momento. “Estou achando que é a festa de 15 anos que não tive”, disse. Pouco antes de entrar no mítico Golden Room, devidamente decorado em sua homenagem, até com foto do primeiro composite de modelo, feito aos 15 anos, deu uma última olhada no espelho. “Pedi para todo o mundo estar muito bem-vestido para poder vir pelada”, brincou sobre o look sensual criado por Henrique Filho e já usado em ocasião anterior. Assim é Luana, bem-humorada, autêntica e uma das mais bem sucedidas atrizes de sua geração na TV, cinema e teatro. “Estou celebrando a vida! Olho para trás e vejo meus 40 bem escritos, a carreira que construí, meus três filhos”, avaliou ela, referindo-se a Dom (4) e aos gêmeos Liz e Bem (1), da união com Pedro Scooby (28).

Nem mesmo a fase difícil enfrentada na união de quase seis anos com o surfista vem diminuindo esse sentimento de completude. “Tudo o que está acontecendo na minha vida é muito positivo. A carreira, filme como protagonista, peça, casa, cachorro, filhos... Até mesmo a crise no casamento. Estou crescendo, vendo Pedro crescer também”, contou. Segundo ela, os dois estão reavaliando a relação. Desde o início do mês, ele deixou a casa da família na Barra, Rio. “A gente está vendo o que vai ser melhor, sempre em dupla. Claro que tivemos momentos de atrito, estranhamento, mas sempre soubemos olhar adiante disso. Não definimos nada ainda. Também não tem ninguém morrendo, estressado, até porque ninguém fez mal a ninguém. Não estou sofrendo, tenho vida preenchida. E acho que tudo está fazendo parte de um grande crescimento”, ressaltou.

O carinho entre ambos pôde ser percebido na festa. Com look platinado, o surfista passou o dia no hotel com os filhos e foi um dos primeiros a chegar na festa organizada por Carol Sampaio (34) e com decoração minimalista, em tons preto e branco, de Maria Ramos (31) e Tati Leme (37). Na maior parte do tempo, ele esteve com o primogênito e amigos. Assim que o show de Sérgio Loroza (49) começou, seguiu para a pista junto de Luana. Indagado sobre o que deseja para a atriz, foi convicto. “Imagina a melhor coisa do mundo? É o que desejo a ela. Luana é a mãe dos meus filhos, minha melhor amiga, a mulher mais incrível do planeta”, elogiou. Pedro também se manifestou sobre a fase crítica na relação. “Isso é algo entre eu e ela. Acontece que todo o mundo fica se metendo, julgando a mim, a ela. Não aconteceu nada! A grande realidade é essa. A gente é amigo, se ama, afinal, são anos juntos. Às vezes, chega uma hora em que você tenta rever códigos, conversar, trocar uma ideia”, enumerou ele, antes de se declarar. “Se existe uma mulher no mundo com quem eu deseje ficar até o resto da vida, é a Luana.” 

A advogada Francis Piovani (61) também derreteu-se ao falar sobre a trajetória vitoriosa da filha. “Acredito que Deus foi muito gentil comigo quando me deu um diamante desse tamanho para lapidar. Luana tem caráter, é muito honesta. Às vezes, paga caro por conta disso. Mas não transfere, assume suas ações”, disse. Ao cumprimentar um a um dos 300 convidados, vindos de Salvador, São Luís, João Pessoa, São Paulo, sul do País e até Nova York, a estrela ressaltou a veia festeira. “Sempre fiz grandes festas de aniversário, porque gosto de gastar meu dinheiro com o que me traz prazer. Viajar  também!”, contou. Pouco antes de ser exibido um vídeo com seus principais trabalhos, como a estreia na TV na minissérie Sex Appeal, de 1993, e peças como o aclamado infantil O Pequeno Príncipe, ela agradeceu à presença de todos. “Quarenta anos a gente não escreve sozinho, essa festa é nossa! Estou feliz com os amigos que fiz, cultivei... Ninguém é uma ilha. É muito melhor viver junto, multiplicar coisas, até momentosdifíceis”, reiterou ela, “Tenho mesmo que aproveitar as oportunidades e celebrar” emocionada. celebrar”, afirmou.