Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Morte de James Gandolfini pegou familiares de surpresa; ator estava feliz por ter voltado à Itália

James Gandolfini estava na Itália, onde receberia um prêmio no final de semana, quando sofreu uma parada cardíaca. Saiba como foram os últimos momentos do ator!

Redação Publicado em 20/06/2013, às 11h26 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

James Gandolfini morre aos 51 anos - Getty Images
James Gandolfini morre aos 51 anos - Getty Images

A morte de James Gandolfini não só surpreendeu o público como também atingiu a família dele de forma inesperada. De acordo com relatos da UsMagazine, o ator estava bem, sem nenhum problema de saúde, e se preparava para participar de um festival de cinema na Sicília neste final de semana, onde receberia um prêmio e participaria de um debate sobre a industria cinematográfica.

Gandolifini, que tinha 51 anos, estava hospedado no hotel Boscolo Exedra, em Roma, com a mulher, Deborah Lin, seu filho de 13 anos, Michael, e sua filha de nove meses, Liliana, além de outros membros da família que viajaram dos Estados Unidos à Itália para prestigiar o ator. 

+ James Gandolfini, ator de 'A Família Soprano', morre na Itália aos 51 anos

“Todos nós tivemos um dia incrível juntos, e quando retornamos ao hotel, Jimmy (Gandolfini) foi ao banheiro e alguma coisa aconteceu”, contou Tom Richardson, assistente do ator. “A irmã dele disse que ele ainda estava vivo quando a ambulância chegou”, falou.

A ambulância teria sido chamada pelo filho de Gandolfini, por volta das 22h. O ator teve uma parada cardíaca repentina e não aguentou chegar ao hospital.

+ Confira os 10 melhores personagens da carreira de James Gandolfini

A mãe de Gandolfini pegou um voo para Itália imediatamente depois de descobrir que o filho tinha sofrido um ataque cardíaco.

Uma semana antes do incidente, Gandolfini foi visto no red carpet do jantar beneficente Stella by Starlight Galla, em Nova York, onde brincou com todo mundo e foi simpático até mesmo quando sumiram com sua cadeira na mesa do jantar. “Ele apenas esperou com um sorriso no rosto e conversou com todo mundo que o abordava. Ele foi tão bom”, comentou uma fonte.