Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

John Travolta curte praia, samba e futebol no Rio de Janeiro

Ele incorpora espírito da cidade em uma tarde com praia, samba e futebol

CARAS Publicado em 16/07/2013, às 20h23 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Ao lado de três figurantes, o ator americano ensaia passos de samba durante gravação de comercial. - André Muzell/Agnews e Henrique Oliveira/Foto Rio News
Ao lado de três figurantes, o ator americano ensaia passos de samba durante gravação de comercial. - André Muzell/Agnews e Henrique Oliveira/Foto Rio News

Praia, samba e futebol. A trinca que estereotipa os prazeres do carioca foi vivida de uma só vez por John Travolta (59) em sua estada no Rio, onde atuou como garoto-propaganda de uma marca de cachaça. Em sua sexta visita ao País, o astro de Hollywood que interpretou personagens marcantes no cinema como Tony Manero, em Os Embalos de Sábado à Noite (1977), Vincent Vega, de Pulp Fiction (1994), e Edna Turnblad, em Haispray (2007), chegou à cidade pilotando seu próprio avião e se hospedou no bairro de Copacabana. A gravação do comercial estava marcada para quarta-feira, 10, nas areias do Recreio dos Bandeirantes. De calça comprida listrada, camiseta básica preta e óculos aviador, ele contracenou com três figurantes de bermudas, com quem chutou bola e mostrou seu suingue. “Amo o Brasil. E sou um apaixonado pela cultura desse País, principalmente a música. Adoro o samba, que aprendi a dançar”, orgulhou-se John Travolta, que sugeriu a canção Mas que Nada, na versão de Sergio Mendes (72), para o filme Be Cool – O Outro Nome do Jogo (2005), em que atuou.

+ Bebel Gilberto tieta John Travolta em show no Rio

Após cumprir sua agenda profissional, o ator quis aproveitar a noite carioca, já que no dia seguinte retornaria para os Estados Unidos, e foi assistir a um pocket show de Bebel Gilberto (47). Brasileira nascida nos EUA, a filha de João Gilberto (82) e Miucha (75) cantou os sucessos Baby, Mais Feliz, Bananeira e Preciso Dizer que Te Amo, entre outros clássicos da MPB. Depois da apresentação, Bebel recebeu Travolta no camarim e deu a ele uma rosa branca. “Descobri que sou uma especialista do trabalho dele. E também gosto bastante de aviões. Adorei saber que ele veio ao Brasil pilotando. Combinamos que vou cantar no seu próximo aniversário, no começo do ano que vem, e que ele virá me buscar de avião”, disse a artista. Além de Bebel, Travolta foi tietado ainda por Glória Maria, que rasgou elogios ao ator norte-americano. “Ele é um homem sensacional, supergentil. Até se lembrou de mim da vez que nos encontramos, há cerca de dez anos, na Polinésia”, contou a jornalista do Globo Repórter.

 + John Travolta anda de helicóptero no Rio