Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Cinema / APROVADA?

Besouro Azul: o que a crítica internacional está falando de Bruna Marquezine?

Saiba o que a crítica internacional está falando de Bruna Marquezine que estrela seu primeiro longa internacional

Gustavo Assumpção

por Gustavo Assumpção

gassumpcao@caras.com.br

Publicado em 16/08/2023, às 14h48

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Besouro Azul: o que a crítica internacional está falando de Bruna Marquezine? - Divulgação
Besouro Azul: o que a crítica internacional está falando de Bruna Marquezine? - Divulgação

A estreia de Bruna Marquezine em Hollywood dividiu opiniões. Isso porque Besouro Azul ganhou uma recepção apenas morna da crítica internacional, que não ficou empolgada com o longa que estreia em todo o mundo nesta quinta-feira (17). 

Primeira produção internacional estrelada pela brasileira, o longa está recebendo elogios por sua representatividade e pelo humor afiado e repleto de referências à cultura latina. Só que os críticos também consideram o filme genético e sem grandes ousadias. 

“É [um filme] escuro e monótono. Se você tem um pingo de preguiça de super-heróis, este não é o seu filme”, disse o jornal britânico The Telegraph, um dos mais críticos ao filme. Há também quem tenha criticado a falta de timing do longa, que é lançado em um momento no qual o gênero está saturado. "O primeiro filme de super-herói liderado por latinos de um grande estúdio está muito atrasado - e ultrapassado", declarou o IndieWire.

Menções tratam Bruna Marquezine como “estrela brasileira”

Desconhecida fora do Brasil, a estrela é pouco citada nas críticas internacionais. Na crítica do IndieWire, a escolha da atriz brasileira é questionada. Eles afirmam que ela soa “sofisticada” e “crescida” demais para fazer par com Xolo Maridueña, que tem uma aparência muito mais jovial.

O jornal USA Today, ao contrário, elogiou a química entre os dois e disse que a atriz brasileira adiciona “humor” e “hormônios” para o filme nas cenas nas quais se envolve romanticamente com o protagonista de Besouro Azul. O The Hollywood Report também gostou da atuação da brasileira, que é elogiada ao lado do elenco de apoio.

"O elenco de apoio é atraente em todos os aspectos, com contribuições excelentes, especialmente de Escobado como a esperta Milagro e Marquezine como Jenny (...) a química entre os dois é adorável", diz um dos veículos de maior prestígio do mundo do cinema.

Bruna Marquezine está proibida de divulgar o filme

Em julho, a atriz Bruna Marquezine aderiu à greve dos atores seguindo o posicionamento do Screen Actors Guild, o sindicato dos atores, que representa mais de 120 mil profissionais nos Estados Unidos. Em seu comunicado publicado nas redes sociais, Bruna Marquezine esclareceu sua posição sobre o tema, endossado pela maior parte dos atores e atrizes. 

"Estarei sempre ao lado de iniciativas que lutem pelo progresso da comunidade artística, seja no meu país ou no exterior. Como os atores não podem mais participar de qualquer divulgação de seus projetos até o fim da greve, o apoio dos fãs será fundamental para trazer a visibilidade e o reconhecimento que Besouro Azul merece. Serei sempre grata a minha família Besouro Azul, elenco e equipe. Estou com vocês”, disse ela.

Como disse a atriz, durante a greve os profissionais são proibidos de participarem de qualquer evento de trabalho. Eles não poder ser escalados para sessões de gala, eventos, debates ou qualquer atividade de divulgação. Todos não podem, também, pisarem nos estúdios para trabalhar.