Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Carnaval / Força!

Sarah Fonseca estreia no Carnaval carioca expressando sua representatividade negra: ''A gente aprendeu, mesmo que de forma desgastante, ser forte!''

Sarah Fonseca falou da importância de estar na Sapucaí sendo parte de uma ala sobre representatividade negra

CARAS Digital Publicado em 25/04/2022, às 17h33

Sarah Fonseca estreia no Carnaval carioca expressando sua representatividade negra - Reprodução/Instagram
Sarah Fonseca estreia no Carnaval carioca expressando sua representatividade negra - Reprodução/Instagram

Sarah Fonseca (28) fez sua estreia no Carnaval carioca. A influenciadora desfilou pela primeira vez na Sapucaí, representando a Beija-Flor, em uma ala com grandes inspirações negras. 

A artista recentemente passou por um episódio lamentável de racismo quando estava com seu namorado em um café no Rio de Janeiro. Com sua visibilidade, ela mostrou o caso nas redes e ganhou notoriedade ao mostrar sua força. 

Para ela, pisar na avenida para representar inspirações negras em uma escola que trouxe o racismo como enredo teve um gosto diferente. 

Em suas redes sociais, a influenciadora falou da importância de estar nesse desfile: "Vou falar de FORÇA. Há mais de um mês, me colocaram em um lugar que acharam que seria meu. Isso acontece comigo. Isso acontece com a gente. Mesmo que a gente lute, conquiste e acenda, ainda estão nos colocando limites e nos dizendo que não. Esse ato de desmerecer nossa trajetória ou de deslegitimar a nossa dor ainda é presente e dói. Dói demais. Só que a gente aprendeu a ver os olhares e levantar a cabeça. Ser questionado e responder o que está óbvio mais uma vez sem pestanejar. Fazer 2, 3 ou 10x mais para chegar lá. A gente aprendeu, mesmo que de forma desgastante, ser FORTE."

Mesmo mostrando sua força, Sarah ressalta a importância de continuar lutando: "Ainda estamos no meio do caminho. Porque ainda falta muito. É bem difícil ainda escrever sobre, mas eu senti ainda mais que tem muita gente contando comigo. Muita gente se agarrando na minha FORÇA. Mesmo que eu não seja tão forte o tempo todo".

Por fim, ela ainda agradeceu a agremiação: "Obrigada, por isso que senti ao desfilar, Beija-Flor. A primeira vez não poderia ser mais especial e no momento certo."

Confira o post que Sarah Fonseca sobre a importância de sua representatividade negra no Carnaval: