Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Big Brother / CRÍTICAS DE FÃS

Por que regra do BBB mudou? Entenda confusão envolvendo fãs de Arthur Aguiar

Depois de sofrer com alta rejeição nas redes sociais, produção do BBB resolveu ouvir críticas dos telespectadores e mudou regras na nova edição

por Surenã Dias

sdias_colab@caras.com.br

Publicado em 25/08/2023, às 15h56 - Atualizado em 16/02/2024, às 08h40

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Decisão da TV Globo surge após BBB sofrer alta rejeição nas redes sociais - Foto: Reprodução/TV Globo
Decisão da TV Globo surge após BBB sofrer alta rejeição nas redes sociais - Foto: Reprodução/TV Globo

Depois de duas edições recheada de críticas, a produção do Big Brother Brasil parece ter corrido atrás de soluções para evitar a rejeição dos telespectadores do reality show. Agora o programa da TV Globo contará com votação de acordo com o CPF. 

A nova regra do BBB foi anunciada durante um evento interno da emissora. A decisão vem como uma forma de burlar os mutirões e votações que mobilizam apenas uma torcida de fãs. Além disso, evita o uso de robôs programados para votar em um único participante. 

Desde o BBB 22, que Arthur Aguiar acabou levando a melhor na final, internautas acreditam que o voto por CPF seria uma alternativa de premiar, de fato, o participante mais popular da edição. 

Em 2022, diversos fãs de Arthur faziam questão de exibir o quanto estavam engajados em fazer o cantor ganhar a temporada, enquanto outros participantes do programa não conseguiam levantar uma  torcida disposta a perder noites votando nos paredões.

Em meio a guerra de opiniões nas redes sociais, Arthur, que mal conseguia aparecer nas edições diárias com ações carismáticas, acabou levando para casa o prêmio de R$ 1,5 milhão. 

O mesmo aconteceu com Amanda Meirelles, campeã do BBB 23. Apontada como a "planta" da temporada, a médica conquistou uma torcida de fãs apaixonados, que passaram madrugadas no Gshow votando para ela levar o prêmio de mais de R$ 3 milhões. 

Tornando o programa previsível, a atitude dos fãs acabou provocando uma  queda drástica na audiência do reality show, que, depois de 20 temporadas, continua sendo considerado um dos maiores do Brasil e do mundo.

ANÚNCIO MEXEU COM EX-BBBS

Diante das críticas que voltaram a surgir nas redes sociais nesta quinta-feira, 24, Arthur Aguiar se defendeu e garantiu que, apesar de diversos internautas diminuírem sua vitória, isso não reflete o número de brasileiros que o amam. 

"O ano é 2050 e você é um dos que até hoje não aceitam que a vontade da maioria da população foi diferente da sua e da bolha da internet, que fizeram de tudo e não conseguiram fazer campeão quem vocês queriam. A padaria venceu!", afirmou.

Leia também: Ex-BBB Natália Deodato estreia como atriz e vive pivô de confusão em série

Amanda também veio a público e reforçou que as críticas são uma forma de desrespeitar não apenas sua trajetória no programa, como também o esforço dos fãs engajados, que lutaram para ela chegar até a final. 

"Falam também das pessoas que disponibilizaram o tempo em dias e noites votando para trazer essa vitória para quem eles queriam. Podem falar o que quiserem, mas nós vencemos", disse ela sobre os fãs.