Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Cantor Reginaldo Rossi faz hemodiálise e apresenta melhora

Reginaldo Rossi segue internado no Hospital Memorial São José, no Recife, onde passou por sessões de quimioterapia por conta do câncer no pulmão

CARAS Online Publicado em 16/12/2013, às 13h07 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Reginaldo Rossi - Francisco Cepeda/Agnews
Reginaldo Rossi - Francisco Cepeda/Agnews

O cantor Reginaldo Rossi continua apresentando melhora no seu quadro de saúde. Internado no Hospital Memorial São José, no Recife, onde concluiu o primeiro ciclo de quimioterapia para o tratamento de um câncer no pulmão na última sexta-feira, 13, ele segue fazendo hemodiálise diária e começou a recuperar a diurese. 

De acordo com boletim médico divulgado nesta segunda-feira, 16, Reginaldo está sem febre, permanece respirando com auxílio de aparelhos e teve evolução satisfatória dos parâmetros laboratoriais e hemodinâmicos. Os médicos também começaram a reduzir a sedação gradualmente. 

Neste domingo, 15, o cantor Netinho fez um pedido no Facebook para que os amigos doassem sangue para Reginaldo. "Alô Recife!!! Reginaldo Rossi está precisando de doação de sangue, os doadores interessados em ajudar devem procurar o Banco de Sangue Hemato, localizado na Av: Lins Petit, 264, na Ilha do Leite, área central do Recife e informar que desejam fazer a doação ao cantor", escreveu.

Câncer no pulmão

O cantor está internado no Hospital Memorial São José, no Recife, desde o dia 27 de novembro. Após passar por uma biópsia no dia 4 de dezembro, ele foi diagnosticado com câncer no pulmão no dia 11. O cantor passou ainda por um procedimento chamado toracocentese, que retirou dois litros de líquido acumulados entre a pleura e o pulmão. “Estou pronto para a batalha e tenho certeza que vencerei”, disse o artista em nota.

Reginaldo Rossi nasceu em 1944 na capital de Pernambuco. Conhecido como o 'Rei do Brega', ele começou a carreira na música em 1964, influenciado pelos Beatles, no comando da banda de rock The Silver Jets. Em seguida, integrou-se à Jovem Guarda, inicialmente imitando Roberto Carlos. Entre seus maiores sucessos estão Garçom, Mon Amour Meu Bem Ma Femme e A Raposa e as Uvas.

Antes de ser artista, foi professor de matemática e física e estudou engenharia. É casado com Celeide Rossi, com quem tem um filho.