Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Bem-estar e Saúde / Diagnóstico

O.J. Simpson é diagnosticado com câncer de próstata, diz site

Segundo site, O.J. Simpson foi diagnosticado com câncer de próstata e já iniciou seu tratamento com quimioterapia; saiba mais

O.J. Simpson - Getty Images
O.J. Simpson - Getty Images

O ex-jogador de futebol O.J. Simpson foi diagnosticado com câncer de próstata, diz o site TMZ. Segundo fontes próximas ao atleta, ele já teria iniciado seu tratamento contra a doença, mas continua relutante em revelar sua condição ao público.

Ele, que ficou famoso principalmente por seu julgamento por homicídio duplo nos anos 90, já iniciou seu tratamento com quimioterapia na área afetada. Porém, ele continua negando todos os rumores sobre a doença, até mesmo para seus amigos mais próximos.

Simpson usou as redes sociais nesta sexta-feira, 9, para negar que estava em tratamento paliativo. Em seu perfil oficial do X (antigo Twitter), o ex-jogador zombou da situação em novo vídeo. "Cuidados paliativos? Vocês estão falando sobre cuidados paliativos? Não sei quem disse isso. Estou recebendo um monte de amigos para o Superbowl no domingo. Está tudo bem", disse entre risadas.

O.J. Simpson foi um dos grandes astros do futebol americano, passando por times como Buffalo Bills e San Francisco 49rs. Em 1994, ele foi acusado do assassinato de sua ex-esposa, Nicole Brown, e o namorado dela na época, Ronald Goldman, mas foi inocentado dos crimes.

Fabiana Justus também está em batalha contra câncer

Outra famosa que recentemente foi diagnosticada com câncer foi a influenciadora digital Fabiana Justus. A filha do empresário Roberto Justus tem leucemia mieloide aguda e está internada para fazer o tratamento contra a doença.

A famosa revelou seu diagnóstico ao público em suas redes sociais no último dia 25. Ao falar sobre sua doença, Fabiana mostrou que está disposta a lutar. "Sei que não vai ser fácil, mas eu estou muito positiva, confiante, minha família também, meus amigos e, principalmente, meus médicos. Me deram muita confiança, falaram que são altas as chances de cura", disse ela, que se sentiu aliviada por receber o diagnóstico antes da doença ter chances de chegar a um estado avançado.

“Obviamente, tem momentos que fico mais baqueada. Eu ainda não entendi direito o que está acontecendo. Eu acordo aqui no hospital e lembro que isso é verdade”, Fabiana desabafou, mas se mostrou confiante: "Preciso lutar e vencer e eu tenho certeza que eu vou. Esse choro é de confiança, não vou deixar isso me abalar”, disse.