Nutricionista lista 10 alimentos para melhorar a alimentação

O profissional ensina como ter uma alimentação saudável para melhor o funcionamento do corpo; veja

Bruna Nastas Publicado sexta 17 junho, 2016

O profissional ensina como ter uma alimentação saudável para melhor o funcionamento do corpo; veja
Nutricionista lista os benefícios dos alimentos orgânicos na dieta - Shutterstock

Uma alimentação adequada e saudável ajudam a melhorar o funcionamento do corpo, mau humor, barriga saliente e disposição.

O nutricionista Leonardo Canellas, da clínica homônima de São José dos Campos, interior de São Paulo, lista 10 alimentos que ajudam para investir já e mudar os hábitos alimentares.

Confira:

1- Aveia: "Rica em fibras solúveis, ela reduz os níveis de colesterol ruim (LDL). A aveia é rica também em vitaminas E, do complexo B e minerais como Zinco, Silício, Selênio, Ferro, Magnésio, Fósforo e Cobre. Dentre os nutrientes, um que vale a pena destacar é a Betaglucana, que depois de ser fermentada no intestino grosso é responsável pela formação de moléculas que agem no combate a microorganismos que podem ser nocivos ao corpo humano e também colabora na redução do LDL. Além disso, a aveia, por conter fibras, irá contribuir positivamente no controle de peso, ajudando na sensação de saciedade por períodos mais longos".

2- Espinafre: O profissional explica que o espinafre é rico em minerais, como o ferro, fósforo, manganês, zinco, selênio, cálcio, vitaminas A, C, E e do complexo B. "Com grande potencial antioxidante, é um grande adjuvante na manutenção e formação de ossos e dentes. A presença de flavonoides nesse alimento tem se mostrado eficaz em pesquisas no combate a diversos tipos de câncer, infarto e acidente vascular cerebral (AVC)".

3- Frutas vermelhas: "São ricas em vitaminas C, E e do complexo B, sendo ótimos antioxidantes, retardando o processo de envelhecimento e oxidação celular, colaborando para o bom funcionamento das células do nosso organismo combatendo os radicais livres".

4- Ovos: "A gema do ovo tem uma boa quantidade de colina, elemento do complexo B, que contribui para a formação de novos neurônios e é um nutriente valioso para a saúde do cérebro". Além da colina, o nutricionista explica que o ovo também conta com vitaminas  A, D, E, K e minerais, "colaborando na ação contra o envelhecimento precoce das células, combatendo os radicais livres e ajudando na prevenção da aparição de doenças crônicas como a hipertensão. Os efeitos antioxidantes do ovo podem ajudar no fortalecimento das retinas e proteção dos danos causados por radicais livres produzidos pela radiação ultravioleta do sol. A clara do ovo também tem um papel importante na manutenção e crescimento muscular por conter o aminoácido Leucina que é um dos aminoácidos de cadeia ramificada (BCAA), muito usada entre praticantes de atividade física".

5- Brócolis: Ótima fonte de vitamina, fibras e minerais, o brócolis também é um alimento de baixa caloria (35Kcal em 100g do alimento) e tem propriedades anti-inflamatórias. "O magnésio e cálcio ajudam na regulação da pressão arterial, construção de músculos e ossos, prevenindo a osteoporose. Além disso, a vitamina K e o potássio ajudam a manter o sistema nervoso em boa saúde, colaborando para um bom funcionamento cerebral".

6- Sementes oleaginosas: "As sementes oleagionosas são nutrientes essenciais para um bom funcionamento do nosso organismo, colaboram, principalmente, na melhora da imunidade e na luta contra os radicais livres, são ótimos antioxidantes. Essas sementes também serão aliadas no controle da fome. Por ter grande parte dos nutrientes a gordura, o processo de digestão será um pouco mais lento, dando a sensação de saciedade por mais tempo", explica Leonardo.

7- Feijões: "Quando combinados com cereais integrais, os feijões fornecem proteína de boa qualidade e com baixo teor de gordura em comparação com as proteínas de fonte animal. Por conterem fibras em sua composição, os feijões colaboram para que não haja picos nos níveis de açúcar no sangue após uma refeição, sendo uma ótima escolha para quem quer controlar a glicemia. Essas fibras também colaboram na diminuição do colesterol ruim (LDL)".

8- Gengibre: O gengibre atua como antioxidante e anti-inflamatório, possibilitando a prevenção de doenças como cânceres e doenças relacionadas ao trato gastrintestinal. Ele ainda promove proteção no estômago contra bactérias nocivas como H. Pylori, principal causadora de úlceras. "Sua ação anti-inflamatória pode ajudar na melhora dos sintomas de doenças respiratórias, como a tosse, asma e bronquite. Além disso, o gengibre colabora na perda de peso por estar associado a aceleração do metabolismo e estimulando a queima de gordura corporal pelo aumento da taxa metabólica basal".

9- Iogurtes: "Subproduto do leite, esse alimento é rico, principalmente, em proteínas e cálcio. Excelente fonte de vitamina A, do complexo B e minerais como Sódio, Potássio, Magnésio, Ácido Fólico, Fósforo e Cálcio. O iogurte é especialmente recomendado para ser consumido por mulheres devido ao seu alto teor de cálcio, sendo um bom assessor na prevenção de osteoporose. Esse alimento também é boa alternativa para pessoas parcialmente intolerantes à lactose, pois a maio parte do teor de lactose do leite é reduzido a ácido láctico durante o processo de fermentação. É um alimento fonte de probióticos, que são microrganismos benéficos para a saúde do trato gastrointestinal. Os probióticos promovem melhora de constipação, diarreia, doenças inflamatórias do trato gastrintestinal e combatem infecções causadas pelo Helicobacter Pylori (H. Pylori) que é um grande promotor de úlceras pépticas", analisa o profissional.

10- Ômega-3: O ômega-3 é encontrado em alimentos como aalmão, aardinha, atum e óleo de linhaça. Ele é considerado uma gordura boa ao organismo devido devido aos vários benefícios que podem favorecer a nossa saúde. "Além disso, o consumo de ômega 3 promove no nosso organismo a síntese de ácidos graxos EPA (eicosapentaenoico), relacionado principalmente com a saúde cardiovascular e DHA (docosahexaenóico) que é considerado fundamental para o desenvolvimento e manutenção das funções cerebrais", conclui.

Último acesso: 25 Oct 2021 - 05:32:07 (275920).

Leia também

TV CARAS