Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARAS

Bastidores do primeiro ano de vida de príncipe George

Revista norte-americana revela detalhes dos bastidores do primeiro ano de vida de príncipe George, como a sua enorme fome nos primeiros meses de vida e os planos de Kate Middleton e William de ter um segundo bebê real

CARAS Digital Publicado em 08/07/2014, às 18h02 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Príncipe William, Kate Middleton e príncipe George - Reuters
Príncipe William, Kate Middleton e príncipe George - Reuters

Príncipe George está prestes a completar o seu primeiro ano de vida – no dia 22 de julho – e a imprensa internacional já começa a buscar informações sobre os bastidores da vida do bebê real neste período. Tanto que a revista Vanity Fair trouxe algumas curiosidades sobre o filho de Kate Middleton e príncipe William. Você sabia que George tinha muita fome e não conseguia dormir em seus primeiros meses? Ou que ele caminhava pelo avião durante a viagem para a Austrália?

Em seus primeiros meses de vida, o pequeno príncipe mamava bastante, mas a sua fome era insaciável. Tanto que ele não conseguia dormir a noite. Mas isso mudou no ano novo, quando Kate começou a dar para o filho alguns alimentos sólidos. “O príncipe gritava em voz alta e com frequência, e ele não estava dormindo durante a noite. A babá Jessie Webb se esforçou para colocá-lo em uma rotina, mas o príncipe, que ainda sendo amamentado, estava permanentemente com fome. (...) Quando Kate introduziu alimentos sólidos, George finalmente dormiu a noite toda”, disse a correspondente Katie Nicholl.

Durante a viagem para a Austrália e a Nova Zelândia, o bebê real ficou muito bem comportado ao acompanhar os pais e não estranhou a longa viagem. “William admitiu reservadamente que estava nervoso sobre o voo longo, o clima tropical e o intenso interesse da mídia, mas não houve nenhuma sugestão em deixar George para trás. A rainha deu aos Cambridge a sua benção para que viajassem juntos, mesmo que isso fosse uma violação ao protocolo, porque os herdeiros diretos não costumam viajar juntos. Após a sua chegada, um assessor disse: ‘George realmente não sofreu no voo, ele se acostumou rapidamente’. Nicholl também relata que George aprendeu a ‘cruzar’ o avião – segurando nos móveis – e estava perto de andar”.

O correspondente também falou sobre a vontade de Kate e William de criarem o filho como uma criança normal. “Eles levam George para os encontros em casas de amigos, entre eles Alice St. John Webster, que tem um bebê poucos meses mais velho que George”, disse.

Ainda há os rumores de que Kate e William querem ter um segundo filho. “Nicholl relata que há rumores entre os amigos do casal de que planejam tentar neste verão”.