Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Furby volta ao Brasil com novo design, versão tecnológica e aplicativo gratuito

Após 15 anos e 40 milhões de unidades vendidas no mundo, Furby chega ao Brasil no início de maio com mais opções de designer, muita tecnologia e aplicativo para eletrônicos que permite, entre muitas funções, alimentar virtualmente o bichinho

Redação Publicado em 24/04/2013, às 08h06 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

A nova geração de Furby - Reprodução / www.hasbro.com
A nova geração de Furby - Reprodução / www.hasbro.com

Sucesso entre os anos de 1998 e 2000, os bonecos Furby voltaram a conquistar os Estados Unidos, o Reino Unido, o Canadá e a Austrália no ano passado e prometem virar tendência também no Brasil.  Uma versão atualizada do brinquedo, que teve 40 milhões de unidades comercializadas no mundo todo em 15 anos,  chega ao país em esquema de pré-venda em 1º de maio.

A possibilidade de criar personalidade é a principal característica da nova geração dos Furby. Graças à combinação de programação interativa com a engenharia robótica, o brinquedo tornou-se capaz de desenvolver sua individualidade à medida em que é usado pela criança. Para que ele mude de comportamento, basta tratá-lo de forma diferente.

O Furby usa a voz, os movimentos corporais e, principalmente, o olhar para expressar seus sentimentos. Os olhos são duas pequenas telas de LCD que mostram animações de acordo com a personalidade. Além disso, sensores espalhados em diversos pontos do corpo do boneco possibilitam que o brinquedo identifique onde está sendo acariciado e permite que ele identifique estímulos musicais para dançar de acordo com o ritmo.

O boneco sai da caixa falando sua língua nativa, o Furbish, mas é capaz de aprender português de acordo com a convivência com a criança. Além disso, a programação interativa permite que os bonecos se reconheçam e iniciem uma conversa com risos, música e dança.

Para possibilitar ainda mais a interação, a fabricante Hasbro lançou um aplicativo gratuito, disponível para os sistemas iOS e Android, que, sincronizado com o Furby, o possibilita, entre muitas funções, alimentar virtualmente o boneco e traduzir as palavras ditas em Furbish para o português.

O Furby poderá ser encontrado em dez cores e texturas variadas. As orelhas foram mantidas e, com nova textura, continuam maleáveis e com movimentos próprios. Tanta tecnologia envolvida talvez seja a explicação para que o preço do bichinho de estimação eletrônico seja um pouco salgado: R$ 399,99.