Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARAS
Atualidades / LINDA

Mariana Xavier revela problemas com seu corpo: ''Me enchi de remédios para emagrecer''

Atriz abriu o coração e contou um pouco sobre sua carreira e aceitação com o seu próprio corpo

Caras Digital Publicado em 15/05/2019, às 18h58

Mariana Xavier - Reprodução/Instagram
Mariana Xavier - Reprodução/Instagram

Em entrevista exclusiva para TV Caras, Mariana Xavier abriu o coração e contou sobre carreira e aceitação.

A atriz contou um pouco sobre o furacão Jeniffer. Ela revelou que não esperava tamanho sucesso. “O clipe foi lançado em Setembro e não estourou de imediato. E eu, na minha ignorância em relação ao mercado fonográfico, achei que, se não tivesse estourado, nao iria estourar mais”, disse a gata sobre o sucesso tardio do hit de Gabriel Diniz. 

Ela também revelou sobre a visibilidade que a música trouxe para ela. “Usei um hit do verão, que poderia ser uma coisa vazia, para transmitir várias mensagens legais, sobre feminismo, empoderamento, autoestima, liberdade sexual e coisas das quais a gente realmente precisa falar”. 

Mariana, que é defensora da liberdade do corpo, disse que já sofreu gordofobia, como também já tentou se encaixar na ditadura da beleza. “Eu acreditava que engordar era a pior coisa que poderia acontecer na vida de uma pessoa, especialmente de uma mulher”. 

A intérprete de Marcelina, do filme minha mãe é uma peça, sucesso do humorista Paulo Gustavo, abriu sua intimidade e falou um pouco sobre sua luta com o corpo. “Eu violentei muito meu corpo em busca de um padrão, em busca de uma magreza, eu me entupi de remédio para emagrecer. Dos dezoito aos vinte e seis anos, eu fui uma pessoa que fazia muita coisa errada com a própria saúde para ir em busca desse corpo”. 

Finalizou deixando uma dica bem legal. “Busquem referências possíveis, comece a reparar em quem você está seguindo e em quem você está se inspirando. Procure gente alcançável, que te faça se sentir melhor”.