Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Atualidades / TRAGÉDIA

Atriz de novelas da Globo perdeu paixão para homicídio; relembre

Atriz de novelas da Globo deixou a televisão após tragédia com namorado e seguiu carreira com homenagem para o músico

Carla Daniel atuou em novelas da Globo - Reprodução/Globo
Carla Daniel atuou em novelas da Globo - Reprodução/Globo

Carla Daniel (58), que coleciona diversos trabalhos em novelas da Globo, perdeu paixão para homicídio em agosto de 2021. Conhecida por seus papéis em Chocolate com Pimenta, O Cravo e a Rosa e Alma Gêmea, a atriz deixou a televisão após a morte do namorado e seguiu carreira com homenagem para o músico. Relembre o que aconteceu na tragédia.

Em agosto de 2021, Sérgio José Coutinho Stamile, namorado da atriz de novelas da Globo, foi assassinado no parque Garota de Ipanema. Com quase um ano da tragédia, em julho de 2022, o suspeito do homicídio foi preso e confessou o crime por uma tentativa de roubo de celular, em relato à Polícia Civil do Rio de Janeiro. As informações são do portal Notícias da TV.

"Meu grande amor me deixou hoje. Estou com o coração partido! Queria tanto mais juntos, mas agradeço todos os momentos que tivemos. O bem que você me fez, sua generosidade, sabedoria. Encontro de almas literalmente. Te amo para sempre meu grande amor e todo seu enorme coração que você me permitiu senti-lo totalmente ficará sempre na minha alma", declarou Carla Daniel na época, pelas redes sociais.

Após a morte do namorado, a atriz de novelas da Globo deixou a televisão e seguiu carreira com homenagem para o músico, que fazia parte da banda Carlota e Joaquins. Carla Daniel fez questão de continuar o projeto como vocalista e compositora para homenagear Sérgio José. O último trabalho da artista na televisão foi em uma participação na série Brasil a Bordo, em 2018.

Leia também: Atriz de Anjo Mau teve morte trágica após viver personagem real na Globo

Em entrevista ao jornal O Globo, Carla Daniel explicou a decisão de seguir com a banda: "Eu perdi o meu amor de forma muito violenta, mas eu acredito na justiça divina e na lei do retorno. O luto não passa. É viver um dia de cada vez. Quando tudo aconteceu, eu falei com os meus companheiros de banda que eles estavam livres para fazer outras coisas se quisessem, mas eles quiseram seguir comigo".