Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

VINHO DO PORTO BRANCO

Redação Publicado em 02/06/2008, às 12h10

VINHO DO PORTO BRANCO
VINHO DO PORTO BRANCO
Produzido na região demarcada das colinas pedregosas próximas à cidade do Porto, na foz do Rio Douro, em Portugal, o Porto é um vinho enriquecido com destilados de uva. A fermentação inicial ocorre como a de qualquer vinho, mas a adição de aguardente vínico interrompe a fermentação, o que destaca a doçura da uva. Essa prática confere ao Porto teor alcoólico superior ao dos vinhos comuns. O teor alcoólico varia de 19 a 22 graus, sendo que nos brancos fica em cerca de 17 graus, com 10% de açúcar natural. Em Portugal há centenas de tipos de Porto, divididos em dois grupos: o branco ou seco e o doce, que pode ser castanho ou tinto. O branco é novo se comparado com o Porto convencional, pois foi criado em 1934. No porto branco são usadas as uvas malvasia fina, viosinho, códega, rabigato, gouveio, entre outras. Ele é envelhecido em barris de carvalho por 2 a 5 anos sem contato com oxigênio, para não perder a cor, que no final varia do amarelo-pálido ao ouro velho, de acordo com as castas escolhidas e o tempo de maturação. Após engarrafar, está pronto para o consumo. São vinhos jovens, frutados e sua classificação se dá pela doçura: secos, meio-secos e doces. Mas ele nunca é completamente seco, pois tem a fermentação interrompida com aguardente, conservando a doçura natural da uva. O Porto branco não é o de maior expressão em Portugal. Puro, tem aroma floral e frutoso e pode ser tomado como aperitivo ou digestivo, de preferência resfriado a 10 graus. Combina com entradas frias, presunto cru, frutos secos e amêndoas. Na cozinha, é usado tanto em receitas doces - sobremesas de chocolate, caldas, pudins, salada de frutas e musses - quanto salgadas, em pratos de vitela, bacalhau, frango, coelho e aves de caça, além de patês e galantinas.

Saúde

É ruim para Beber em excesso, pois pode causar intoxicação ou danificar órgãos nobres como fígado, pâncreas e cérebro, provocando, por exemplo, cirrose, pancreatite e polineurite. É bom para Ser usado diariamente, em pequenas doses, por pessoas sadias que não tenham problemas pancreáticos nem biliares, pelo fato de ajudar na prevenção de doenças cardíacas.

Ficha técnica

100 ml de vinho do Porto branco contêm: Calorias - 153 Proteínas - 0,2 g Carboidratos - 10 g Álcool - 17 g Vit. B1 - 0,018 mg Vit. B2 - 0,018 mg Niacina - 0,212 mg Folacina - 0,399 mcg Ác. pant. - 0,032 mg Cálcio - 7,98 mg Cobre - 0,045 mg Ferro - 0,239 mg Magnésio - 8,96 mg Fósforo - 8,96 mg Potássio - 91,3 mg Selênio - 0,296 mcg Sódio - 8,96 mg

Como se escolhe

Não era muito comum no Brasil, mas ultimamente, com o aumento do número de importadoras e de lojas de vinho, ganha espaço. Pode ser encontrado nas lojas de vinho, importadoras e grandes redes de supermercados. Escolha o grau de doçura de acordo com o uso. Os mais doces para as sobremesas e os secos e meiosecos para os pratos salgados. Observe se o vinho está exposto em local fresco, seco, ao abrigo da luz e na horizontal. Não deve ser envelhecido após engarrafar. Portanto, confira a data de fabricação. Veja o local de origem e se tem o selo do Instituto do Vinho do Porto, que zela pela preservação da qualidade da produção.

Como se prepara

O vinho do Porto branco engarrafado está pronto para beber. Não precisa ser decantado nem envelhecer. Pode ser bebido ou usado na cozinha. A garrafa fechada deve ser conservada em local fresco à temperatura de 16 a 18 graus, evitando variações. Guarde-a em pé, livre de luz direta e fontes de calor. Depois de abrir, guarde a garrafa na geladeira e consuma em quatro semanas. Deve ser bebido à temperatura de 10 graus. Para preparar Portonic, coloque num copo de long drink uma dose de Porto branco, 3 cubos de gelo, 1 rodela de limão e água tônica até completar. Perfume com Porto molhos feitos com chocolate e caldas de frutas.

Minha receita

Julia Petit (produtora de moda)Julia Petit (produtora de moda) Com vinho do Porto se fazem pratos maravilhosos, tanto salgados quanto doces. Mas gosto da bebida sobre melão. É uma entrada portuguesa simples porém deliciosa, que aprendi a preparar com minha mãe. Parta 1 melão orange ao meio. Retire as sementes. Corte a polpa em cubinhos ou, com boleador, faça bolinhas com muito cuidado, para não estragar a casca. Devolva a polpa às cascas. Regue com vinho do Porto a gosto. Sirva.