Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Rodrigo Santoro defende cinema brasileiro...

Redação Publicado em 15/05/2008, às 16h50

Rodrigo Santoro defende cinema brasileiro... - Arquivo Caras
Rodrigo Santoro defende cinema brasileiro... - Arquivo Caras
em Cannes, França, durante a coletiva de imprensa do filme Leonera, realizada nesta quinta-feira. Um jornalista chileno parabenizou o diretor argentino Pablo Trapero, por ser tratar de "um cinema exclusivamente nacional, diferente dos mexicanos e brasileiros que estão fazendo filmes para exportação". Após o comentário, Rodrigo respondeu: "Sou brasileiro e estou de acordo que o cinema argentino é maravilhoso. É um presente trabalhar com diretores como Pablo Trapero. Mas me parece complicado generalizar a indústria e colocá-la em uma categoria de filmes de exportação. Porque creio que há muitos filmes no Brasil que não são feitos com o pensamento de exportação", defende Santoro, que aproveitou para sugerir o filme do ator Matheus Nachtergaele. "Gostaria de sugerir uma película que está no festival: 'A Festa da Menina Morta', de Matheus Nachtergaele. Penso que é um filme que não foi feito para ser exportado, e graças a Deus está aqui, tendo oportunidade de ser visto por gente de todo mundo."