Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Moda: Haute couture Spring 2012: Dior

Eu contemplo, tu contemplas...

Redação Publicado em 14/03/2012, às 19h22 - Atualizado às 19h25

Haute couture Spring 2012: Dior - Marcio Madeira
Haute couture Spring 2012: Dior - Marcio Madeira

A melhor característica em um desfile de alta costura certamente gira em torno da sua  atmosfera de sonho e de glamour. O que em tempos de fast fashion, de streetstyle e do tudo aqui e agora soa quase démodé. Mas, afinal, o que estas peças que levam meses para ficar prontas têm a nos ensinar? Elas resgatam algo que anda bem esquecido: o simples ato da contemplação. Na velocidade como os desejos coletivos se transformam na tão falada tendência, muitas vezes deixamos escapar este momento de parar e admirar. Em sua segunda coleção para a maison que por 16 anos esteve nas mãos de John Galliano, o designer Bill Gaytten busca nos arquivos da marca as melhores referências para inspirar-se. As silhuetas são ultrafemininas, sempre com cinturinhas marcadas, seja na saia evasê, seja na saia-lápis. Até aí, nenhuma novidade, certo? Talvez... Não fossem as transparências, que chegam para modernizar o visual clássico e transformam cada look em uma verdadeira aula de modelagem. Tudo por conta das costuras aparentes e do trabalho de estica e puxa dos tecidos, formando laçarotes, assimetrias e sobreposições. Sem falar nos delicadíssimos bordados, que, quando menos se espera, se transformam em estampas xadrezes ou florais. O tailleur e o tubinho básicos também chegam revisitados com seus pespontos aparentes e cintos de croco para arrematar a produção festa. E, se a hora é de refletir sobre o belo, nada melhor do que fechar o desfile com alguns modelitos dignos de red carpets. Saiões, plissados, pedraria e babados para nos fazer parar e simplesmente contemplar.