Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

No Dia do Trabalho, Luan Santana afirma que não seguiria a carreira de médico

Luan Santana fala das dificuldades da profissão de cantor e revela por que, caso tivesse que escolher outra carreira, não seria médico: 'Não levo muito jeito para esse negócio de sangue', afirma ele, no Dia do Trabalho

Redação Publicado em 01/05/2013, às 11h01 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Luan Santana - Caio e Thiago Duran / AgNews
Luan Santana - Caio e Thiago Duran / AgNews

O cantor Luan Santana (22) está com agenda de shows lotada e tem muito trabalho pela frente, já que irá gravar seu 3º DVD em breve. Mas, para ele, as dificuldades de fazer o que realmente ama são bastante diferente da profissão de médico, carreira que ele, caso pudesse escolher fazer, jamais optaria.

“Não levo muito jeito para esse negócio de sangue, sou fraco quanto a isso”, disse ele em entrevista exclusiva à CARAS Online sobre o Dia do Trabalho, comemorado nesta quarta-feira, 1º de maio. “Acho que não me daria bem de jeito nenhum com esse negócio de plantão. Essa coisa de virar a noite, clima de hospital e de doença não é muito comigo não”.

Conhecido internacionalmente, Luan Santana não esconde os desafios de ser cantor, mas supera todos os obstáculos em prol da sua paixão pela música. “A minha profissão também não é muito fácil, não. É sempre corrido, não tenho muito tempo para comer, dormir, para nada, mas é tudo em nome da música e dos meus fãs. Quando a gente ama o que faz, lado bom compensa o lado ruim”, finalizou.

A nova turnê de Luan Santana, intitulada Te Esperando, estreou no último dia 28 de abril, em São Paulo, e contou com a participação especial de Zezé Di Camargo (50).