Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

LIVING DESIGN: Aircruise - um cruzeiro aéreo de luxo

O escritório inglês de design Seymourpowell, que fica em Londres, criou um novo meio de transporte. O Aircruise trata-se de uma espécie de Zeppelin repaginado e com traços bem futuristas tanto por fora quanto por dentro. Confira!

Redação Publicado em 17/02/2011, às 14h05 - Atualizado em 01/07/2011, às 15h18

Uma vista privilegiada do céu, que nem todos conseguiriam encarar - Divulgação
Uma vista privilegiada do céu, que nem todos conseguiriam encarar - Divulgação

O escritório inglês de design Seymourpowell, que fica em Londres, criou um novo meio de transporte que mais parece ter saído de um filme de ficção científica: o Aircruise. Trata-se de uma espécie de Zeppelin repaginado e com traços bem futuristas tanto por fora quanto por dentro. O objetivo da empresa com sua criação é levantar a seguinte bandeira: daqui para frente, como as pessoas vão querer viajar? Chegar rápido vai ser o mais importante? O Aircruise se locomove relativamente devagar, no máximo a 150 quilômetros por hora. Para se ter uma ideia, seriam necessárias 37 horas para ir de Londres a Nova York com ele, assim, o foco não é apenas chegar ao destino, mas sim aproveitar o tempo do trajeto para já desfrutar da viagem. Pensando nisso, o projeto foi desenvolvido para que seu interior funcione como um verdadeiro hotel de luxo, com cinco apartamentos simples, quatro duplos e uma cobertura, além de lounges, um bar e salas de relaxamento. Para que o "cruzeiro aéreo" consiga levantar vôo, apenas cem passageiros e 20 tripulantes são permitidos a bordo. A própria Seymourpowell diz que é a física do projeto em si determina o luxo, já que o Aircruise precisa de um volume enorme de gás para ser erguido, além de ter proporcionalmente pouco peso para o seu tamanho. O Aircruise é um gigante que mede 265 metros e pesa 270 toneladas - o mesmo que o maior avião de passageiros do mundo, o Airbus A380. Movido a gás e energia solar, seu custo de produção ainda é muito alto, por isso ainda não foi possível construir nenhum. No entanto, a Seymourpowell espera que a criação de um conceito como o do Aircruise possa levar a uma mudança de comportamento e, consequentemente, fazer com que empresas ao redor do mundo invistam em tecnologia para torná-lo economicamente viável. Por enquanto, o projeto ainda está na fase de protótipo, ou seja, ainda não existe na prática. No entanto, A Samsung encomendou uma animação ao escritório de design, para ter uma ideia de como seria o funcionamento do Aircruise - você pode conferi-la aqui (https://tinyurl.com/yzgscgm). Na galeria de fotos, eu coloquei uma série de imagens desse zeppelin futurista, para que vocês vejam como ele é por dentro e por fora. E se você quiser saber mais sobre temas curiosos como esse, não deixe de acessar o meu blog, onde posto diariamente notícias sobre arte, arquitetura, decoração e design (www.monicabarbosa.com.br). Até lá!