Jorge Amado tem objetos pessoais leiloados...

Retrato de Jorge Amado feito por Flávio de Carvalho, a partir de R$ 650 mil
Retrato de Jorge Amado feito por Flávio de Carvalho, a partir de R$ 650 mil Reprodução


Por Patrícia Moraes Móveis clássicos, esculturas e dezenas de quadros preciosos de Alfredo Volpi, Antônio Bandeira e Djanira da Motta e Silva. Foi nesse ambiente que o escritor baiano e Zélia Gattai passaram suas vidas na residência do Rio Vermelho, em Salvador. Jorge, que morreu em 2001, e mulher, que faleceu 7 anos depois, deixaram esse enorme acervo para os herdeiros. Sem espaço para tantos objetos raros, já que a casa, feita de adobe, um tijolo de argila muito frágil, está em ruínas, a escritora Paloma Amado, filha do casal, resolveu leiloar cerca de 600 das 1.400 peças que restaram. Em entrevista ao Portal CARAS, Paloma falou sobre a necessidade da venda. "Manter tudo isso custa muito caro e precisa de dedicação. Estou muito feliz em ver tudo limpo e restaurado para ser comprado por alguém que tenha condições de manter", concluiu. Todos os itens estarão expostos, a partir de hoje, até o próximo dia 17, no Rio de Janeiro, pelo Soraia Cals Escritório de Arte. No dia seguinte, a partir das 21h, terá início o leilão, que vai até o dia 22 de novembro. Nos lotes, por exemplo, há um conjunto de cinco aquarelas e nanquim de Antônio Bandeira por um valor inicial de R$ 5.600, uma gravura do mexicano Diego Rivera, marido de Frida Kahlo, a partir de R$ 8 mil e quadros de Di Cavalcanti, previamente avaliado em R$ 440 mil, e Alfredo Volpi, por R$ 740 mil. Os retratos de Jorge Amado feitos por Flávio de Carvalho e José Pancetti podem ser adquiridos a partir de R$ 650 mil e R$ 125 mil, respectivamente. - Como você se sente ao se desfazer desse acervo? -Estou me sentindo muito bem, ajudando a preservar essas obras de arte, que vão ser compradas por alguém que tenha condições de preservá-las. -Tem sido difícil manter as obras? -É caro. Agora, para o leilão, mandamos limpar e restaurar algumas peças e estou muito feliz com o resultado. Está tudo limpinho, bonito. Acabei de ver toda a coleção e fico emocionada. -O que te emociona? -As recordações que tenho ao olhá-las de meu pai e minha mãe. -Como foi selecionar os objetos? -Tínhamos cerca de 1.400 peças e escolhemos as mais valiosas e importantes para serem conservadas. Deu exatamente 465 itens, que poderão ser comprados a partir de R$ 260 até R$ 800 mil. -Além do leilão, também há um catálogo com as fotos das peças... -Fiz esse livro de 500 páginas, que tem gravuras, reproduções das obras, biografia do meu pai e um texto meu. Tudo para arrecadar dinheiro para a Fundação Casa de Jorge Amado.

Mais Notícias

quarta 12 novembro, 2008
quarta 12 novembro, 2008
quarta 12 novembro, 2008
Atualizado quarta 12 novembro, 2008 (117959) | 19/07/2019 05:47:23

Mais conteúdo sobre:

ASSINE E GANHE

ILHABELA CARAS

  1. 1 Brasiliense morando no Rio, ele curte ilha de bike em folga da novela A Ilhabela do ator Rainer Cadete
  2. 2 Rainer Cadete curte Ilha de CARAS em folga da novela

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

  1. 1 Ator relembrou clique de modelo feito com Gisele Bündchen e André Resende, marido de Isis Valverde Reynaldo Gianecchini relembra ensaio com Gisele Bündchen
  2. 2 Isabella Fiorentino relembra clique de biquíni do passado
  3. 3 Val Marchiori faz insinuação sobre doença de Leo Dias
  4. 4 De férias, Flávia Alessandra repete maiô de R$ 2 mil
  5. 5 Ticiane Pinheiro relembra foto sua de bebê com Helô Pinheiro
  6. 6 Sabrina Sato vai à academia de Barcelona com Zoe e para tudo
  7. 7 Ivete Sangalo tira férias com o marido e o filho
  8. 8 Gustavo Mioto fala sobre relacionamento com os fãs
  9. 9 Ana Maria choca ao aparecer ao lado de 15 caixas de pizza
  10. 10 Major lazer confirma parceria com Beyoncé