Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Independence Day é saudado em Brasília e no Recife

Embaixador Thomas Shannon, com os Flecha de Lima, celebra pelo território nacional a data americana

Redação Publicado em 06/07/2010, às 18h57 - Atualizado em 07/07/2010, às 09h33

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
O casal de embaixadores Maria Guisela e Thomas Shannon com Paulo Tarso e Lúcia Flecha de Lima, no DF. - EUDES SANTANA, LINCOLN IFF E REUTERS
O casal de embaixadores Maria Guisela e Thomas Shannon com Paulo Tarso e Lúcia Flecha de Lima, no DF. - EUDES SANTANA, LINCOLN IFF E REUTERS
O primeiro Dia da Independência dos Estados Unidos comemorado no Brasil pelo novo embaixador americano no país, Thomas Shannon (50), e sua mulher, a embaixatriz Maria Guisela, teve direito a fogos de artifício, apresentações de fuzileiros navais e até bolos temáticos. "Esta data é dedicada aos direitos fundamentais do indivíduo e também, à vida, à liberdade e à busca da felicidade. No 4 de julho, nos comprometemos novamente com o bem-estar e a liberdade do indivíduo", afirma Shannon, que fez questão de estar presente nas quatro celebrações no Brasil - por isso a realização destas em datas distintas -, as duas primeiras na semana passada, em Brasília e no Recife. Em Washington, na Casa Branca, o presidente dos EUA, Barack Obama (49), e a primeira-dama, Michelle Obama (46), em trajes casuais, saudaram famílias de militares ali reunidas. Na capital brasileira, no dia 30 de junho, uma recepção na residência oficial, no Setor de Mansões Dom Bosco, no Lago Sul, reuniu Shannon a autoridades, empresários e corpo diplomático. Entre os convidados estavam o embaixador Paulo Tarso Flecha de Lima (75), que serviu em Washington de 1993 a 1999, com a embaixatriz Lúcia Flecha de Lima (68). "É uma data muito importante, pois a independência americana foi a semente que fundamentou o conceito de democracia para o mundo", ressalta a elegante d. Lúcia. Também prestigiaram a noite o ministro da Defesa, Nelson Jobim (63), e o senador Eduardo Azeredo (61). Em Recife, o 234º Independence Day foi celebrado no dia seguinte, 1º de julho, no Forte do Brum, edificação histórica data da de 1629, no bairro do Recife Antigo, e reuniu cerca de 200 convidados. A solenidade foi marcada pela apresentação da Orquestra Criança Cidadã, composta por 32 jovens carentes da comunidade do Coque, bairro da capital pernambucana. Os artistas tocaram os hinos do Brasil e dos Estados Uni dos, emocionando a plateia. "Este é um belo projeto social de resgate da cidadania destas crianças e adolescentes", diz a consulesa Caroline Chung (40), mulher do cônsul americano no Recife, Christopher Del Corso (42). Além do show, outro ponto alto foi o bolo decorado com a bandeira americana, partido pelo casal e por Shannon. "Quando chegou dos EUA, Pernambuco foi o primeiro estado visitado pelo embaixador. É sempre um orgulho tê-lo por aqui, principalmente em uma ocasião tão importante", festeja Corso. "Recife é a capital do carnaval. Estive aqui este ano e volto em 2011 para a folia", brinca o embaixador. Apesar da alegria do momento, Shannon fez questão de lembrar das recentes enchentes que atingiram o Nordeste brasileiro, para ele um episódio similar ao desastre vivido pela população americana, em 2005, quando a passagem do furacão Katrina devastou parte da cidade de Nova Orleans, no sul dos EUA. "O governo americaco é solidário com os povos de Alagoas e de Pernambuco e está colaborando financeiramente para reconstrução das localidades destruídas pelas enchentes", declara o embaixador.