Musas Gabriela Duarte e Daniela Escobar em mostra de fotografia

Impressionadas com retratos de 23 feras do clique, incluindo o eleito de Gabi, elas dão charme moderno a exposição coletiva

Publicado terça 11 maio, 2010

Impressionadas com retratos de 23 feras do clique, incluindo o eleito de Gabi, elas dão charme moderno a exposição coletiva
Daniela Escobar em frente das vibrantes imagens de Alexandre Catan. - FABIO MIRANDA/OPÇÃO FOTOGRAFIA
Arte cada vez mais valorizada pelo mercado de bens culturais brasileiro, a fotografia reuniu em São Paulo famosos em torno de belas e impactantes imagens que compõem O Olhar das Marcas, iniciativa da agência de publicidade JWT Brasil, em cartaz até o dia 20 na Cinemateca Brasileira. Uma das fotos mais poéticas, a top model paranaense Marcelle Bittar (28) nua, em preto e branco, encantou Gabriela Duarte (32) não apenas pela qualidade, mas por uma razão afetiva: o retrato é de Jairo Goldflus (42), renomado fotógrafo de moda casado com a atriz e pai de sua filha, Manuela (3). "Amei a foto do Jairo, achei linda. Estou orgulhosa", diz ela, escalada para a próxima trama global das 8, Passione. Outros ilustres visitantes eram os atores e apresentadores Dan Stulbach (39) e Juan Alba (45) e a atriz Daniela Escobar (40) - que hoje se divide entre São Paulo e Curitiba, cidade do marido, o empresário Marcelo Woellner (41) -, encantados com o projeto que reúne trabalhos de 23 renomados fotógrafos brasileiros feitos exclusivamente com câmeras pinhole, cabeça de alfinete, em inglês. Este tipo de fotografia é artesanal, feita sem lentes, por meio de uma caixa com um pequeno orifício que capta a luz para dentro da câmera. Após certo tempo de exposição, tem-se a foto. A inovação da JWT consistiu em fazer estas câmeras-caixas a partir de embalagens de produtos de marcas clientes da agência. "A exposição está muito boa, mas o mais bacana é saber que fotos e máquinas serão leiloadas", afirma Daniela, lembrando que o público poderá participar de um leilão via Internet cuja renda será revertida para o Hospital do Câncer A. C. Camargo, de São Paulo. "Acho um barato a gente ver as imagens naturais e com os seus erros. Hoje, na era do digital, é tudo muito perfeito. Esse processo artesanal dá mais humanidade", opina Dan, que apresenta na rádio CBN o programa Fim de Expediente. "Como modelo, tive uma ligação grande com a fotografia. Hoje, aqui, revejo amigos queridos", conta Juan Alba, à frente do game show diário O Preço Certo, na Record. Além dele, uma outra ex-modelo ali era Sabrina Parlatore (35), que passeava pelo espaço cultural em meio às gravações do Vitrine, programa que pilota na TV Cultura. "É bárbara a ideia da agência de convidar os fotógrafos a clicar neste formato, ainda mais usando as marcas que são dos seus clientes", exalta a bela. Representando o HSBC, banco atendido pela agência realizadora da inusitada mostra, o superintendente de marketing Pedro Marcos (46) e a superintendente de marketing institucional Heloisa Souza (37) conferiam o trabalho de Gustavo Lacerda (39), feito em homenagem à instituição. "A proposta é criativa. Como sempre, a agência está inovando", elogia Pedro. "É uma maneira muito interessante de fazer com que as pessoas tenham uma outra experiência com a marca", enfatiza o jornalista e sócio da Giusti Comunicação, Edson Giusti (45). Outra atriz orgulhosa dos retratos feitos pelo marido fotógrafo era Melissa Vettore (38), a Amélia de Viver a Vida. "O olhar dos fotógrafos é tão especial que a gente consegue visualizar cada intenção", define a musa de Alexandre Catan (39), um dos talentos em cartaz na Cinemateca Brasileira.

Último acesso: 11 Jul 2020 - 08:40:11 (144801).